5 dicas para vender doces quando tudo está caro

21
339

Olha, não sei como as coisas andam aí pro lado de vocês, porém cada ida ao supermercado tem sido uma aventura. Ano passado, a estrela dos preços altos foi o tomate, este ano é o feijão. Se fosse só um produto, a gente tem solução, mas como fazer quando 50% dos ingredientes de uma receita estão com preços absurdos?

O leite(1l) está indo bater na casa dos R$ 5,00; a manteiga (200g) quase R$ 7,00; cream cheese é quase artigo de luxo. Tenho dó profunda no coração por quem vive de brigadeiro e usa Leite Moça, se os preços daí estiverem loucos como os daqui de São Luís-MA.

E o que fazer em tempos assim? O que o brasileiro faz de melhor: dar um “jeitinho”. Vamos ver as dicas?

Mudar de marca

IMG_21011-1024x682

Quase sempre que a gente vai no supermercado, já estica o braço na direção certa de alguns produtos, não é? Fazemos isto porque já testamos, conhecemos e aprovamos. Mas continuar usando algumas marcas e manter o mesmo preço pode ser impraticável. Então, chega a hora de testar produtos que sejam tão bons (ou quase tão bons) quanto os que você usa atualmente.

Mas não caia na tentação de ir procurando o menor preço do corredor e esperar a mesma qualidade. Pesquise, pergunte e teste bastante.

Não use produtos de baixa qualidade para baixar o seu preço. A única coisa que isto vai baixar é a sua reputação.

Aproveite as promoções

extra2

Eventualmente, todo supermercado faz promoções. Alguns fazem para atrair clientes outros para se livrar de estoque parado e estoque de produtos com validade com vencimento próximo. Sempre confira a validade de produtos em promoção.

Quando achar preço bom (e puder), aproveite para fazer estoque.

Testar novas receitas

egg-944495_1280

Se o preço da manteiga está te dando intolerância a lactose, é hora de trocar sua receita de massa amanteigada por uma a base de óleo (aqui tem uma excelente). Procure dar destaque aos seus produtos que conseguiram manter o preço baixo.

Eu fiz a primeira planilha de custo da receita porque queria saber o custo dos sabores que eu tinha. Para minha completa surpresa, o bolo de cenoura era muito barato para fazer e me dava o melhor lucro.

Se sua receita não tem substituição fácil, que tal ver novos produtos como donuts, biscoitos e coisas do tipo. Veja nosso post sobre outros doces para fazer e vender.

Comprar no atacado e/ou em grupo

shopping-1165437_1280

Querendo ou não, comprar no atacado é sempre mais vantajoso. Se por algum motivo estranho, você não precisar de 50 latas de leite condensado lá do atacadão, junte um grupo de amigas confeiteiras tão descoladas e inteligentes quanto você e divida o custo e o produto.

Dependendo do produto que você use, pode ser que você consiga comprar direto do fabricante e conseguir um desconto maior ainda. Vale a pena entrar em contato com eles. Eles querem vender na mesma medida em que você quer comprar.

Saiba negociar

negociar

O bom de você saber o custo exato de um cupcake é te dar margem para negociar. Por exemplo, gente linda, se meu cupcake de chocolate me custa R$ 1,50 e eu o vendo por R$ 3,00. Aí chega Dona Madame Chyque & Rycah e me pede 100 cupcakes, mas quando eu digo “R$ 300,00, moça” e percebo que a bolsa Louis Vitton dela já começa a sair pela porta, eu digo “mas posso fazer a R$ 250,00”.

Eu posso fazer tudo, menos vender por menos de R$ 150,00 neste exemplo. Assim, Dona Madame fica contente, eu fico um pouco mais endinheirada e todos saímos contentes, felizes e cantando por aí.

Este é o momento de manter os clientes. A situação está ruim para todos.

Enfim…

Percebo que mesmo com a crise, com a vida corrida, as pessoas continuam comprando comida/doces prontos. Ninguém tem tempo para parar e fazer uma dúzia de brigadeiros pra festa do filho. Todos estão prezando praticidade ao máximo. Então, o jeito é usar a criatividade para se manter enquanto o momento ruim não passa.

Deixe no comentário a sua dica, sugestão de produto bom e barato, aviso de produto ruim, etc

21 COMENTÁRIOS

      • Muita, Angel! Já trabalhei em Teresina para construir associações , principalmente de costureiras, e lá foi ótimo, mas em Goiânia, é meio tenso… Mas como o mundo dá voltas e tenho esperança… Vamos continuar tentando!
        Aqui o leite condensado tá caro, mas a manteiga elegê consigo comprar de R$3,99 ou R$4,99

  1. Angel, se você encontra manteiga a 7,00, considere-se uma sortuda. Na penúltima vez que fui ao mercado custava 8,00 e na última, 9,00!!! Leite Moça está na faixa de 4,99 para mais. Faço os doces mais “pra dentro” do que pra fora, mas de qualquer maneira os preços são um problema. As suas dicas foram muito boas, tenho certeza que vão ajudar bastante a quem vive mesmo de doces, como ajudaram a mim. Beijo.

  2. Sou de recife. Aqui eu encontro manteiga extra sem sal até a 4.99. O que tem me feito arranca os cabelos é o leite condensado. Uso por semana 20 latas. Não acho por menos de 5. Me dêem dicas de marcas Boas para brigadeiro. Só gostei até agora do moça e do itambe.

  3. Angel, concordo com a Denyse. Aqui no Rio as manteigas mais baratas e de qualidade duvidosa, estão na casa dos 8,00/8,90. Está bem complicado ter lucro atualmente. Quanto ao comentário da Paula Veloso, sugiro participar de grupos de confeitaria no Facebook, como por exemplo o daqui do Doce Blog, o Cupcakes Comunidade, etc, onde se consegue muita ajuda com a troca de experiências e informações. Nunca fiquei sem ajuda quando preciso. Beijosssss

  4. Gente,por aqui está tudo muito caro tbm,moro em São Gonçalo no RJ.O leite condensado moça está 5,99/7,99 dependendo do mercado,o Pircanjuba já está 5,00.Tenho usado o Italac e o Elegê,que tbm são muito bons.Boa sorte para todas nós.

  5. Bom dia meninas !!!

    A minha dúvida seria qual marca devo substituir o leite condensado moça,pois aqui está caro demais,e queria um que não desse tanta diferença no sabor e na qualidade,indicam qual :

    • Na minha opinião o leite condensado que mais se aproxima do Moça em sabor e qualidade é o Piracanjuba, uso muito leite moça, mais tenho substituido tranquilamente pelo Piracanjuba sem alterar sabor dos meus doces.

  6. Olá

    Meninas eu me solidariso muito com todas , neste momento de Crise Financeira em que todas as classes sociais estam passando no Brasil , é lamentavel eu fico pensando se esta dificil para mim que tenho 2 imoveis proprios , alugo 1 e moro no ap. na Praia Grande/sp, aposentada +o salario do meu esposo.
    Fico pensando como esta a vida de quem não tem nem uma casa propria e esta sem emprego.
    Aqui o moça custa caro , já o piracanjuba comprei a 4,79…..ainda muito caro.

  7. Ola´Angel,
    pode me indicar alguma loja confiável onde possa achar VACIADOR e DOSADOR DE MASSA para cupcakes nas forminhas, pois onde moro não consigo encontrar nem em cidades vizinhas.
    Agradeço se puder me ajudar, pois vai facilitar bem o meu trabalho.
    Um abraço;
    Marli

  8. Sei que o país está em crise ,mas
    Eu já tive vontade de vender doce
    e sou boa doceira,mas queria saber se vende bem?se é melhor ter um ponto fisico ou se de local em local é melhor?
    Sei que não tem um lucro muito grande imediato. Mas o que vc me diz é bom investir?

    • Acho que depende do seu produto e do seu público, Isabel. Por exemplo, ir de local em local é bom porque te dá a mobilidade para mudar de lugar assim que o movimento estiver baixo.
      Mas um ponto fixo te dá estabilidade e os clientes sabem onde te achar.
      Dá para ter um misto do dois: aqui na minha cidade tem o Tuk Churros que fica circulando, mas avisa pelas redes sociais onde está. Assim eles ganham seguidores/fãs e não perdem nenhum evento movimentado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here