Como vai a sua saúde, dona cupcake?

Como vai a sua saúde, dona cupcake?

Eu tenho feito muita receita aqui em casa ultimamente. A maioria somente para testar novidade. E o problema é que em cada fornada, consumo 1 ou 2 cupcakes. Mas não é só o cupcake, às vezes a gente cai de boca naquela tigela com o buttercream que sobrou, não é?

Se isso fosse apenas uma ou duas vezes no mês, dava até para fazer sem culpa. Mas não é, o fenômeno cupcake/bolo/cookie se manifesta cerca de duas vezes por semana na minha cozinha. É tipo fantasma, você vira a cabeça e puf! Cupcakes novos na mesa. É que eu pratico cupcaketerapia.

Cupcake-Kelly

E apesar de eu ter mudado a minha alimentação para uma coisa mais natural e com bem menos alimentos processados, não dá pra fazer cupcake deste tipo o tempo todo.

Então, estou aqui para puxar a orelha de vocês - e a minha também - para se cuidarem mais. Quero vocês bem de saúde para enfeitarem o mundo com cupcakes por bastante tempo.

  • Consulte um médico com frequência, pelo menos uma vez ao ano ou mais se tiver alguma condição pré-existente.
  • Exercite-se. Ficar sentada enrolando brigadeiro nunca ajudou a queimar caloria. Fique em pé, dance e em vez de pedir para os outros vá fazer você mesma. E ainda há estudos sobre o os males de tanto tempo com o popô na cadeira.
  • Adote uma atividade física. Seja caminhada, ioga, natação, balé ou boxe. Meia hora por dia por 3 vezes da semana já ajuda.
  • Moderação é tudo. Não precisa provar os 12 cupcakes para saber se eles ficaram bons, nem beliscar de cada coisa que você fizer.
  • Ingredientes mais saudáveis. Quando estiver fazendo cupcakes para consumo próprio, experimente trocar a farinha de trigo pela integral, usar açúcar mascavo e coisas do tipo. Já demos algumas dicas sobre isso.

Não acredito em padrões de beleza e sim de padrões de saúde. 🙂

2 comentários em “Como vai a sua saúde, dona cupcake?”

  1. Boa dica Angel, já estou na "academia", além dos "cupcakes" tem a má alimentação durante a semana, como não consigo almoçar muitas vezes, vivo de lanche, mas agora entrarei nos eixos.

    Abraços!!

  2. Angel, a receita é maravilhosa e como eu moro num lugar frio (Curitiba), temos muita abóbora pra comer aqui. Gosto dela em pratos doces ou salgados e é linda com aquela sua cor laranja. Por outro lado morando em uma cidade fria , a gente come muuuuuuuuuuuuuuito e coisas bem calóricas, então já viu, né? Tem que exercitar bastante para queimar as calorias extras e cuidar bem com a qualidade dos alimentos .Você está certíssima. Bjs.

Deixe um comentário