Por que você ainda não tem seu negócio de cupcake?


Ocasionalmente, recebo emails de pessoas dizendo que querem começar um negócio de cupcakes/brigadeiros/brownies/etc mas tem sempre um fator X impedindo a realização do sonho.

Os problemas são vários e vão de dinheiro a conhecimento, mas alguns outros como apoio da família podem atrapalhar de modo mais sério.

Então, hoje estou falando com você aí que quer montar seu negócio de comida: qual seu maior obstáculo?

O que falta para você montar seu negócio?

Resultado
Carregando ... Carregando ...

Se nenhuma alternativa se enquadrar no seu caso, deixe um comentário explicando a sua situação.

Na próxima semana, iremos trazer sugestões para contornar estes problemas. Vocês também vão colaborar dando o depoimento de vocês em cada post. 🙂

PS: Alguns dias depois, Ollie dormiu e não acordou mais. A família toda chorou e o luto durou a semana toda – e ainda dura. Como uma coisa tão pequena consegue cativar a gente tanto em um período tão curto? O lançamento do ebook foi adiado pro fim do mês.

Quer ganhar dinheiro nas festas juninas com estas 60 receitas? Clique aqui para saber como!

20 comentários em “Por que você ainda não tem seu negócio de cupcake?”

  1. Lamento por sua perda, Angell!! O post é oportuno, tb canso de receber email assim, acho que será ótimo para ajudar as pessoas que ainda estão em dúvida.

    beijossss

  2. Oi Angel, lamento por sua perda… Que bom que foram felizes com o Ollie!!
    Sobre a enquete, eu respondi “outros”, pois este questionamento “simples” foi muito mais profundo que imaginas. Quase que automaticamente respondi dinheiro, mas não seria verdade. Claro que não tenho sobrando e não abriria uma sala com o que tenho, mas daí eu pensei: SOU EU! E acho que a minha resposta é que eu estou com medo de me meter em um negócio e falhar… nem sei se ajudei ou piorei a enquete, he, he! Desejo sucesso e seu site me ajuda muito!! bjs e um ótimo final de semana, Telma

  3. Pois é, tenho a difícil tarefa de me dividir entre trabalhar fora e entregar cupcakes com qualidade.Sou a pessoa principal responsável por todos s gastos da casa,então imagine só!
    Se tivesse mais dinheiro poderia me dedicar exclusivamente aos cupcakes.Fazer o quê né?

  4. Ollie, naããããão! :'(
    Lamento, Angel. Tenho uma cadelinha já me preparo psicologicamente pra quando ela partir (mesmo assim, acho que não vai ser o suficiente. Esse nossos amiguinhos duram muito pouco).

    Bem, sobre o negócio de cupcakes, eu estou na fase de pesquisar, pesquisar, pesquisar, ler, testar… Sou formada em gastronomia, mas diploma não traz segurança muito menos experiência. Estou buscando alguns cursos pra me aprimorar um pouquinho na prática das coisas que vão além do básico (o que é sempre bom pra ter um diferencial) só que falta tempo. Trabalho aos sábados de manhã e a maioria dos cursos são nesse dia e horário. Outra coisa que pesa é a falta de grana. Tenho o básico só que gostaria de ter um pouco mais pra ter segurança no método de venda. Por exemplo: Um freezer pra congelar massas e poder assar em pequenas quantidades e não precisar vender cupcakes com quantidades mínimas de uma receita e etc.

  5. Angel, que peninha, era tão lindinho, que coisa. Olha só, apesar de estar encarando o negócio dos cupcakes, confesso que tenho grande dificuldade nas embalagens, tanto para entrega, quanto para os cupcakes em si, as caixas que encontro o “berço”é sempre maior que os meus que são “minis”, mas não aqueles que parecem docinhos, são um pouco maiores, as forminhas, agora compro só da upah, pois não saem a cor, as nacionais nem pensar. O resto tem funcionado, meu fogão é antigo, mas o forno é muito bom, faço em casa a noite, e como adoro faze-los, não me preocupo se irei dormir bem mais tarde .
    Ah, estou fazendo os berços, eu mesmo, que fazer e quanto as caixas para quatro ou seis minis, faço eu mesma também.
    Abraços!!

  6. Oi Angel.. Respondi dinheiro na enquete, mas alem do dinheiro tem a falta de jeito, queria tanto, tanto abrir um negócio assim, mas não tenho o minímo jeito, ja tentei varias vezes e dá sempre errado. Então tenho mesmo é medo de falhar mais uma vez.

  7. Olá, Angel! A minha resposta à enquete foi “Outros”, isso porque me interessei pelos cupcakes, fiz um curso, comprei ingredientes, utensílios, embalagens, fiz algumas degustações pra conhecerem o meu trabalho e…nada até agora. Sei que todo começo é mais complicado, nem sempre é tão rápido como gostaríamos que fosse, mas estou com dificuldade de me assegurar que é uma oportunidade e que pode dar certo, só basta eu me dedicar. É o medo de entrar em um novo negócio, diferente da minha área de formação, e não dar certo.

  8. Concordo com a Telma! O problema sou eu! Medo de não dar certo, de mete e as caras. De me expor. Fiquei triste pelo seu cão. Já perdi dois esse ano. Não eh fácil! 🙁

  9. Sinto muito por sua perda! 🙁
    Quanto aos cupcakes, coloquei dinheiro na minha opção,pois tenho dificuldade em sair pra vender e mostrar o q sei fazer,tenho página no Facebook mas não vejo muito retorno.
    Acredito q se tivesse coragem de sair oferecendo pelas lojas,em bancos ou em outros lugares conseguiria vender.
    Vc poderia dar dicas pra quem tem essa timidez e não tem $ pra abrir sua própria loja onde as pessoas chegariam até nós! !

    Beijos enormes

  10. Oi Angel, na enquete respondi “conhecimento”. Já faço cupcakes e vendo informalmente a amigos e familiares, vejo que o boca-a-boca fez mais sucesso do que minha página no instagram (instagram.com/cakeciadoces), porém não deixo ela de lado. Tenho vontade de abrir um negócio (no futuro uma loja mas a princípio seria uma cozinha onde eu pudesse produzir sem misturar com as coisas da minha casa), mas tenho muitas dificuldades. Gostaria de mais dicas sobre cursos e planejamento para abrir um negócio, pois na minha cidade seria muito difícil manter um espaço só com a venda de cupcakes e devido a isso tenho medo de ficar pra trás sem uma variedade.

    Sinto muito por Ollie!
    Sucesso com o blog e não nos abandone pois suas dicas estão sendo muito valiosas pra gente!!!

    Bjos

  11. q tristeza perder o Ollie…tão pequenino, conquistou todos…e se foi. E a vida precisa continuar…mesmo com o coração partido. Estamos por aq, sempre q precisar. Bj querida!

  12. Q tristeza perder o Ollie!
    Bichinhos são assim, conquistam a gente, tem um amor incondicional por nós, e um dia nos deixam, tão cedo p nós…nem sei o q será de mim, no dia q tiver q me separar da minha cindy.
    De um bj no Kadu!
    Se precisar estamos por aq!
    Bj

  13. Olá, minha maior dificuldade é calcular os gastos e por preço final.Tenho em mente uma padronização quanto a tamanho , transporte, apresentação, embalagem, mas quando tento calcular pra por o preço final….

  14. Olá, respondi dinheiro, mas nunca fiz nada assim pra vender, e preciso de algo que ganhasse dinheiro imediato,pois eu to sem trabalho e não quero mais ter patrões, e tenho um filho, e queria algo que eu pudesse ganhar dinheiro e cuidar dele.
    o que eu faço, vale a pena investir nisso?

    • Bom, Mariza, vender cupcakes (ou bolos, biscoitos, docinhos) para entrega a partir de casa pode ser uma opção boa para você. O dinheiro é imediato e o início também.

  15. Já divulgo os meus cupcakes, mais ainda só estou fazendo para a família, não consegui receber encomenda de pessoas de fora ainda 🙁
    Quero muito poder ganhar dinheiro dinheiro com a arte dos cupcakes.

Deixe um comentário