Quero saber mais sobre vocês

Por favor, responda a enquete no fim do post.

Creio que em versões antigas deste blog, havia uma página sobre mim. E percebi em uma manutenção recente que ela não está mais no ar, mas ainda esta semana eu trago ela de volta. E antes de perguntar sobre vocês...

Sobre mim

Meu nome é Angélica (mas pode me chamar de Angel, todo mundo chama), tenho 34 anos, casada, mãe de dois filhos. Larguei o curso de Psicologia aos 45 do segundo tempo por Análise de Sistemas. Hoje, meu trabalho primário é com hospedagem, consultoria e desenvolvimento de sites e sistemas e tenho outros blogs voltados para Web.

Cresci com conversas ao redor de uma mesa cheia de comida. É impossível vir à minha casa e não comer algo. Algumas amigas vêm exatamente por este motivo... Adoro cozinhar, testar novas receitas e ver programas de culinária. Os cupcakes? Vieram por acaso e acabaram ficando. Já fiz para encomendas, mas hoje meu objetivo é apenas saciar a minha gula 🙂

Adoro ajudar as pessoas, acredito que temos que retribuir de algum modo. Por isso, respondo e tento ajudar a todos que me enviam emails ou comentam no blog. Tenho conhecido alguns de vocês e feito novos amigos.

Sobre vocês

Pelas estatísticas do site eu consigo saber de que região do país (ou do mundo) vocês acessam o blog, quais as páginas mais acessadas e até o que vocês usam para ler o site. Entretanto, não consigo saber se cupcake é o ganha-pão ou apenas um hobby.

Então, para trazer coisas mais específicas eu quero saber a porcentagem de vocês que trabalham com cupcakes. "Por que, Angel?" Porque assim eu posso trazer posts sobre como montar a sua loja online, como ter um blog sobre culinária, sobre formação de preço de venda e outros assuntos relevantes.

Você vende cupcakes?

Resultado
Carregando ... Carregando ...

Bom, de resto, se vocês precisarem de algo, tiverem alguma dúvida, entrem em contato. Sério mesmo, estou aqui para ajudar.

Se quiser deixar alguma sugestão ou mesmo se apresentar, basta comentar.

39 comentários em “Quero saber mais sobre vocês”

  1. Adoro suas dicas e idéias, não sou muito prática em fazer cupcakes, estou começando ainda e sempre tenho muitas dúvidas, que acabo muitas vezes esclarecendo aqui... bjs e muito obrigada

    • Muito obrigada, Adriana. Vi que você faz coisas lindas no Chocolart's. Você pode aproveitar a nossa seção de classificados para postar as fotos do seu trabalho.

  2. Oi Angélica, falo do Rio de Janeiro, tenho 31 anos, sou casada, tenho uma linda filha de 1 ano, tbm larguei psicologia com intuito de juntar grana pra casar, não consegui AINDA voltar pra psicologia mas me formei em Gestão de RH, engravidando logo depois da formação... Por isso, hoje não tenho vontade de trabalhar fora... Tbm como vc, cupcake começou bem por acaso na minha vida, só que começou bem, surgiu um pedido aqui, outro acolá e pra unir o útil ao agradável, resolvemos (marido e eu) montar um micro negócio. Ainda estamos terminando a montagem da nossa página mas como tenho aprendido aqui, viu?! Gosto muito de todas as dicas.

    Não sei bem o que te peguntar especificamente pq, li muitas dicas ótimas sua pra quem está começando... Mas, adoraria receber dicas de divulgação na internet...

    Bjs e muito obrigada

    Ah! Pros amigos sempre sou Aninha! rs

    • Nossas histórias são um tanto parecidas, Aninha 🙂 Adoro seus comentários aqui pelo blog.

      Vou ver se próxima semana trago um tutorial simples de como montar um blog para divulgar o seu trabalho. Agradeço o carinho.

    • Ta certo Angel, já estou aguardando! Amo tudo o q vc traz pra gente!

      Tbm estou esperando uma receita menos calórica pq tbm como pracaramba essas gostosura e fico larga rsrs (li o post da nossa colega q estava há 2 meses fugindo das gostosuras) rsrs

      E, quanto ao preço, gostei muito da sugestão do kit, porém lembrei de te dizer q o meu forte nas vendas ainda não é variedades de massa e recheio. A únicacoisa q muda pra mim são as decorações. Fixei, por hoje, somente nas massas de chocolate e baunilha com recheio de doce de leite e cobertura de pasta americana (decoração de acordo com o tema).

      Mas amo testar sabores, recheios e coberturas diferente (apenas para família, por enquanto)...

      Bjks

  3. Ah...

    Valores tbm é um tema ótimo pra quem está começando...

    Eu estava com um x na minha cabeça, depois de pesquisar e questionar amigas q trabalham no ramo. Mas depois veio um pensamento: Será que não é legal fazer mais barato de início e ir reajustando conforme o tempo pra que tds tenham oportunidade de, ao menos conhecer o produto?

    Será q é válido esse pensamento?

    Bjs

  4. Oi Angélica, Sou de Niterói / RJ, 49 anos,sou casada. duas filhas com 22 e 16 anos e já tem alguns anos que faço doces, tortas e algumas outras coisas na área de culinária ( que eu amo!). Tive que parar de trabalhar há 22 anos quando a mais velha nasceu. Como tinha pessoas na família que já trabalharam com culinária, mais especificamente com doces, comecei a fazer cursos, já trabalhei com uma professora de culinária e faço várias coisas por encomendas. Minha vontade é abrir um negócio neste ramo, mas não tenho capital para isso, e nem apoio do marido, por isso, tenho procurado emprego fora, querendo deixar as encomendas como uma complementação. Nunca fiz cursos específicos de cupcakes. Mas com boas receitas fui testando e hoje faço por encomendas. Gostaria muito de conseguir divulgar mais meu trabalho e também conseguir quem sabe abrir um negócio próprio. Bjs

    • Dayse, sei muito bem como pode ser complicado iniciar um negócio quando não se tem apoio em casa (sempre trabalhei com internet, remotamente). Consegui apoio do meu marido e da família quando ele viu o dinheiro entrando.
      Para tentar amenizar o custo inicial, você pode tentar parcerias com padarias, supermercados, lojas de conveniência, lanchonetes, etc.
      Uma outra boa dica para você é saber formar o seu preço direito, para ter lucro e poder ir guardando para o seu capital inicial. Uma loja online é bacana, tem custo baixo e permite a exposição do seu produto e dá um ar mais profissional. Vou ver tudo isso para poder te ajudar. Você consegue!

  5. Olá Angel! Para mim foi um grande prazer encontrar seu blog e saber mais sobre você. Meu nome é Renata, tenho 39 anos, sou formada em Processos Gerenciais, e tenho um casal de filhos, trabalhei a maior parte do tempo na área administrativa, após o nascimentos dos meus filhos (duas gestações de alto risco), resolvi mudar minha profissão para poder ficar perto dos meus filhos, comecei fazendo cursos de sobremesas, truffas, pão de mel e encontrei os cupcakes, que me despertaram verdadeira paixão, já fiz algumas encomendas, mas estou me preparando para montar uma pequena lojinha nem que seja virtual para divulgação. Parabéns pelo blog. bjs

  6. Oi Angélica!
    É muito inspirador encontrar um blog como o seu. São dicas e informações muito úteis e interessantes. Aprendi a cozinhar ainda menina com minha tia-avó. Gosto muito de cozinha e também sou fã de programas de tv de culinária, apesar de não dispor de muito tempo para dedicar a eles ou à culinária em si. Mas planejo investir na atividade como fonte de renda e de realização pessoal. Ainda estou meio perdida por onde começar. Faço desde sobremesas e quitutes até carnes e pratos da conhecida culinária saudável. Mas entendo que deva restringir o menu, pelo menos no começo, já que a variedade implica em compras e estoque. Há seis anos faço a ceia de Natal da família, já que tia Maria está muito velhinha e se desencumbiu da função de quituteira da família. Ano passado fiz todos os quitutes doces para o aniversário de um ano da minha filha além de kafta e um cuzcuz (que por acaso não deu muito certo...)
    Sendo assim, acredito que dicas direcionadas para aqueles que tem, como eu, a intenção de fazer da cozinha uma fonte de renda, serão certamente de grande valia.

    Obrigada

    • Monique, obrigada pelo carinho.
      Penso que você pode manter um menu amplo se focar em buffet, trabalhando com coffee-breaks, almoços e coisas do tipo. As dicas devem vir na próxima semana!

  7. Gosto muito das idéias que passas, e vou gostar muito das dicas que falastes acima, o blog é muito útil,como montar vendas on line, custos principalmente é um problema!!!bjs

  8. Ola!!! Meu nome é Rosemeiri e sou do Paraná. Fico encantada com os seus trabalhos. Parabens pelo seu blog. Adoro suas dicas. Eu estou querendo entrar nesse ramo de cupcakes, Por enquanto o meu forte sao bolachinhas artesanais, o que é a minha fonte de renda. Mas como todos, precisamos ampliar nossos negocios, e vejo no cupcake uma oportunidade. Por enquanto vamos testando mais e mais receitas.!! Mas chegaremos la.

  9. Gosto muito de suas dicas... porém não pretendo vender, mas estou testando as receitas como forma de lazer mesmo... para mim é uma terapia.. e o pessoal aqui em casa curte muito.. Abraços!!!

  10. Satisfação em conhece-la Angélica. Adorei seu blog, e sempre que dá, venho lhe visitar. Fazia um tempo que não a visitava, pelo único motivo: Tristeza! Não, não com vc e seu blog. Comigo msm. Estou de dieta e estou evitando entrar aqui, porque qnd vejo seus post, minha animação duplica em cozinhar e fazer os cupcakes. To feliz por conseguir perder peso, e triste por fazer quase 2 meses que não faço os meus bolinhos amooooo, amooo de mais faze-los.
    Mas estou trabalhando bem o psicológico e aqui estou eu. E gostaria de saber se vc tem alguma receita de cupcake que uma gordinha na dieta pode fazer e comer 1 rsrs sem estragar demais a dieta. Veganos seria?
    Bem, espero que lembre de mim pelo nome, porque sempre te visitava sobre a guerra dos cupcakes, rsrs..
    To feliz porque eu voltei aqui sem deixar minha cabeça transtornada. Mas quero mto testar uma receita não tão calórica, e espero que me ajude nisto.
    Mto sucesso pra vc tá.
    Bjuss fique cm Deus.

    • Ô, Renata, eu também passo por isso... Eu tenho trazido menos receita porque também andei "aumentando" lateralmente. São estas malditas férias escolares e eu na cozinha fazendo gordice para as crianças. Sem falar que sou intolerante a lactose e tenho feito cupcakes com manteiga...
      Boa pedida: cupcakes saudáveis. Vamos nos concentrar. Logo trago receita light pra gente, tá?

  11. Falei... Falei.. Falei... Só da bendita dieta (transtornada) e acabei esquecendo de dizer um tiquim sobre mim.
    Me chamo Renata, tenho 30 anos, tenho um marido maravilhoso e um bb de 1 ano e 5 meses. Meu marido adora meus cupcakes rsrs mas devido a bendita estou dando um tempo aki em casa.
    Trabalho em um hotel, sou gerente administrativa. E sempre venho aki. Amo suas dicas e receitas.
    Bom conhecer vc pouquinho ne, apesar de morar no norte do Pais (Pará).
    Bjus e sucesso.

  12. Ola tenho 41 anos moro em florianopolis, trabalho com docinhos mas, estou pensando em vender cupcaker pois estou cansada de ser empregada quero trabalhar pra mim o que eu ganho é muito pouco pois pago aluguel e não esta dando mesmo, sou solteira mas, tive pensado voltar para Porto Alegre pois lá não pagarei alugue iria morar com meus pais o que eu gasto aqui em florianopolis irei investir lá por isso. O que você acha seria uma ideia ótima né eu sei que no comeco nao ira ser fácil até fazer cliente mas tudo irá se resolver. Gostaria que voce me desce uma ideia como poderia vender os cupcakers e quais os melhore valores. Deixou um abraco e muito obrigada pela sua atencao. Atenciosamente: Elisangela da c. benfica

    • Oi Elisangela, obrigada pelo carinho. Bom, indo para o sul e economizando já é uma boa ideia. Você pode tentar parcerias com pessoas que fazem salgados para festas (um complementando o serviço do outro), é sempre uma boa conhecer gente que planeja festas, buffets, etc.
      Sobre os valores e outras dicas de como divulgar os seus cupcakes, próxima semana vai ter novidade!

    • Boa noite fico grata pelas suas palavras e pela ideias que me passou, fico no aguardo das dicas de valores e como devo planejar as vendas colocando tudo em prática.

      Atenciosamente: Elisangela benfica

  13. Oi, boa noite!
    Sou de São Paulo mais exatamente de cotia, tenho 23 anos, sou casada, tenho uma filha lindíssima de 4 anos, atualmente trabalho em uma multi nacional que fabrica cosmedicos (mais exatamente maquiagens)
    Bom! conheci os cupcakes por acaso, a alguns anos atras, eu e meu marido estávamos em casa desempregados e precisávamos de dinheiro para comprar comida em casa, um belo dia orando, conversando com o Senhor para que Ele me desse sabedoria para passar por aquela situação, pensei em fazer uns doces e tortas para vender. (detalhe sempre que fazia um bolo assolava, ficava duro enfim, eu era péssima pra fazer isso) bom! fui pesquisar na net o que fazer, comecei fazer trufas e pão de mel, pequei uma economia e puis a mão na massa, e Deus foi me capacitando e me dando graça, comecei a criar o gosto por confeitaria...
    Entrando no site do Senac vi que abriria uma turma para um curso no que eles estão lançando (cupcakes) me cadastrei pra ganhar a bolsa pra honra e gloria do Senhor ganhei e integral, fiquei muito feliz....
    Fiz o curso e me apaixonei, desde então só faço cupcakes, me divirto.
    No começo foi um pouco difícil afinal e voltinha pra mim não era tão fácil (rsrsrs)
    Bom! essa é um pouquinho da minha historia com os cupcakes.

    • Mariana, bem-vinda ao blog. E o segredo é realmente tentar, ficar de olho na receita e não desistir. Desejo muito sucesso pra você!

  14. Oi Angélica, adoro fazer muitas coisas, artesanatos, doces e os cupcakes gosto de fazer e dar de presente, o pessoal adora. Muito obrigada por suas receitas e dicas, são maravilhosas.Abraços.

  15. Oi, Angélica!
    Deixa eu me apresentar:
    Me chamo Graziela, tenho 23 anos, casada ha 5 anos, mãe de 3 filhos: Natali (6 anos), Davi (4 anos) e Lucas (2 anos). Amo cozinhar, principalmente doces!
    Ano passado me surgiu a idéia de vender cupcakes, mesmo que fosse coisa pequena, só para complementar a renda e satisfazer meu ego! kkkkk
    Comecei vendendo para pessoas no serviço do meu marido e deu super certo! O pessoal adora!
    Ainda não expandi meu negócio, mas já peguei encomendas boas. Próximo ao Dia das Mães deste ano, resolvi fazer uma rifa para sortear duas cestas com 15 cupcakes cada e arrecadei quase R$300 com a rifa! E as ganhadoras só me elogiaram! E quem não ganhou, encomendou! O negócio ainda é pequeno, mas eu vendo e ainda conto com o apoio do meu marido.
    Conheci o blog por acaso.... Estava buscando novas receitas na internet e achei várias por aqui!
    O blog agora virou minha referência e eu adoooooro seus trabalhos e dicas!
    Espero ansiosamente pelas dicas de como "encrementar" nossa vida de vendedora de cupcakes!

    Beijinhussss

    • Oi, Grazi, muito boa mesmo a ideia da rifa. Dá até pra pensar algo assim pro natal...
      Vou pegar a dica e adicionar no post sobre marketing que estou planejando aqui...

  16. Olá Angélica e meninas do Blog !!!
    Devo dizer que é 1 alegria fazer parte dessa família que é o Blog dos Cupcakes.
    Me chamo Tânia, tenho 31 anos, sou casada e mãe de 3 filhos: a Ana Beatriz( 10 anos), João Pedro( 7 anos) e Miguel( 10 meses), sou comerciante e fazia faculdade de Tecnóloga em Estética, mas tranquei qndo engravidei do Miguel. Venho de 1 lar com raízes mineiras e graças a minha avó, AMO cozinhar, faço de tudo Doces, massas, cozidos e por ai vai. Descobrí o blog, qndo procurava maneiras de fazer cupcakes sem a forma, fiz e deu certo!!!, indiquei p 1 amiga e ela também faz. Aqui na minha cidade( São Gonçalo, RJ terra natal de Seu Jorge) é muito complicado p vender, pq as pessoas não valorizam a dedicação e mão-de-obra empregada na fabricação dos cupcakes e as vezes e complicado p achar algum item q pede 1 receita( água de rosas, por exemplo.), mas como está numa crescente econômica, certamente o panorama mudará c o tempo( espero-kkk), no momento, com o bebê nessa fase de descobrir tudo, não me aventuro a pegar encomendas, esperarei passar a fase e investirei no ramo, junto com o serviço de salgadinhos p festa.
    Bem, é isso;
    Bjões!!! <3

Deixe um comentário