Cinnamon Rolls - Pães doces com canela

17
70
views

Pode parecer que é fácil manter um blog, mas realmente não é. Uma das coisas que sempre me deixa em dúvida na hora em que vou escrever um post é o tal estrangeirismo - uso de palavras estrangeiras. Com a popularidade da TV por assinatura e a globalização, estamos sendo constantemente expostos a novas sobremesas. O problema é que todas tem nome próprio: brownie, cupcake, cheesecake, etc. Nem todas de fácil pronúncia.

O fato é que os doces do mundo estão invadindo o Brasil. Não vivemos mais só de pudim ou brigadeiro. Youtube e Pinterest estão aí para mostrar que com farinha de trigo, ovos, leite, manteiga e açúcar dá para fazer combinações incríveis.

thumbnail

Então, hoje vamos aprender a fazer Cinnamon Rolls. É um tipo de pão doce com recheio de canela e açúcar. Quem já provou um pão feito por mim (e sobreviveu para contar a história), sabe que não é um dos meus talentos. Construir um site do zero usando o Bloco de Notas? Consigo. Fazer as compras do mês em menos de meia hora? Eu. Resolver conflitos político/social/amoroso na família? Conte comigo. Pães fofinhos? Nem que o futuro da raça humana dependesse de mim.

Se eu consegui fazer, então qualquer um faz. É bem assim mesmo. Sério. Nem aqueles pães prontos de caixinha eu conseguia acertar. Estes são bons para comer metade assim que saem do forno (não que eu tenha feito exatamente isso ontem à noite...)

Ah, aviso logo que estava sem cream cheese em casa, daí usei apenas um glacê simples para a cobertura. A receita veio lá do Tatyana Everyday's Food. Vi uma versão dela com morangos que parecia divina e resolvi testar a original.

Ingredientes
  • 1 xícara de leite morno
  • ½ xícara de açúcar
  • 2½ colheres (chá) de fermento biológico seco
  • 2 ovos
  • ⅓ de xícara de manteiga derretida
  • 1 colher (chá) sal
  • 4 xícaras de farinha de trigo
  • ¾ xícara de creme de leite fresco
Recheio
  • ⅓ xícara de manteiga derretida
  • 1 xícara de açúcar demerara
  • 2½ colheres (sopa) de canela em pó
  • ½ colher (chá) de noz-moscada em pó (ou ralada)
Cobertura
  • 1 xícara de açúcar de confeiteiro
  • 2 colher (sopa) de manteiga
  • ¼ xícara de leite
  • 1 colher (chá) de essência ou extrato de baunilha (opcional)
Instruções
Massa
  1. Misture o leite morno com o açúcar e jogue o fermento por cima. Aguarde 10 minutos para o fermento começar a agir.
  2. Acrescente os ovos, a manteiga e o sal.
  3. Adicione a farinha de trigo aos poucos, mexendo.
  4. Agora, sove a massa levemente até que ela deixe de grudar. (No meu caso, deixei a batedeira fazer TODO o sovamento com aquele batedor em forma de gancho).
  5. Coloque em uma tigela untada levemente, cubra com um pano e deixe em um local escuro/abafado (uso o forno convencional desligado ou o microondas) por 1 hora.
Recheio
  1. Abra massa em superfície enfarinhada de modo que forme um retângulo.
  2. Derrame a manteiga derretida por cima da massa.
  3. Jogue o açúcar misturado com a canela e a noz-moscada.
  4. Feche como se fosse um rocambole.
  5. Corte em fatias de 1 a 2 dedos de grossura e coloque-as em uma forma untada e enfarinhada.
  6. Cubra e deixe crescer por mais 1 hora.
  7. Quando faltar 10 minutos, ligue o forno para pré-aquecê-lo em 175 graus.
  8. Coloque a assadeira no forno e depois de 10 minutos jogue o creme de leite por cima dos pãezinhos.
Cobertura
  1. Leve tudo ao fogo até derreter a manteiga e jogue em cima dos pãezinhos.
Observações
Se você não tiver o açúcar demerara, pode usar uma mistura do branco com o mascavo ou do branco com 1 colher de melado de cana ou até açúcar branco puro.
Se não tiver creme de leite fresco, use o creme de leite normal com 1 colher de manteiga.
*A Piracanjuba lançou um creme de leite gourmet, pode usar ele puro como substituto.

Olha o vídeo original da receita aí abaixo. Fiz algumas adaptações nas observações da receita, para adaptar os ingredientes que são chatos de encontrar por aqui.

 

17 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado que, desde que eu me entendo por gente, minha avó faz esse pãozinho, mas chamávamos de "rosca rosa" provavelmente pelo tom que a canela deixa. (E ela colocava também uva passa no recheio)
    Ainda lembro do cheiro que a casa ficava, e da expectativa de todos os primos quando ela tirava os pães do forno e jogava leite condensado como cobertura... que delícia!
    Obrigada pela lembrança! Vou tentar fazer no fim de semana e sobreviver, pq ao contrário da minha avó, e como você, meus pães não costumam dar certo! Beijos!

  2. Muito obrigada Angel! Adorei e vou fazer com certeza. Só duas dúvidas, nos ingredientes você colocou 1/3 de manteiga derretida. É 1/3 de xícara, certo? E, quando é assim, a gente derrete uma quantidade de manteiga e coloca derretida no medidor para fazer 1/3, isso? Ou mede 1/3 de manteiga sólida e derrete? Valeu!!! Beijão

  3. Eu fiz ontem. Não consegui usar só as 4 xicaras de farinha de trigo. Primeiro tentei na batedeira, com o batedor de gancho, estava muito mole. Passei para a bancada e sovei, sovei, mas não deu certo, tive que colocar mais farinha. O resultado final não foi um pão fofinho como o do video. Ficou meio massudo. Acho que deve ser a farinha. Eu uso a Rosa Branca. No video ela usa Bread Flour, que é específica para pão, mas que eu saiba, nós aqui não temos este tipo de farinha nos supermercados. O seu ficou fofinho Angel? Que marca de farinha vc. usou?

    • Regina, no site ela diz que se se for farinha de pão, use 3 1/2 xícaras, mas se for da normal, use 4 xícaras. Usei o trigo normal, Rosa Branca também. Não botei mais farinha, mas deixei bater por um bom tempo até que desgrudasse da tigela. No dia seguinte, ele ficou mais durinho, mas assim que tirei do forno (e algumas horas depois) estava fofo como brioche.

    • Poxa vida, o meu não. Já quando tirei do forno não estava muito fofinho e depois que esfriou ficou bem massudo. Talvez se eu tivesse deixado na batedeira bater bastante tempo, como vc. fez, pode ser que não precisasse colocar mais farinha. Vou tentar de novo. Mas, de qualquer forma, foi sucesso total em casa! Acabou rapidinho, rsrsrsrs.

    • Outra coisa que pode ter influenciado é que uso forno elétrico. Baixei um pouco a temperatura indicada na receita (porque observei que no video ela usa um forno a gas), mas mesmo assim, o forno elétrico tende a deixar uma crosta mais dura por causa daquele ventilador que tem no fundo. Infelizmente o meu forno elétrico não me dá opção de desligar aquele ventilador. Quando comprei não observei esse detalhe , que só vi depois que chegou e aí, já era.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here