Seu negócio de cupcakes #1 – Os cupcakes


Bom, vamos lá minha gente, é hora da gente começar a montar nosso negócio de cupcakes. Antes de começar quero apenas esclarecer uma coisa, estou compartilhando o que eu sei de experiência, atráves de amigos, de empresas qualificadas e pela Internet. Esta série é apenas um guia, utilize as partes que forem do seu interesse e saiba filtrar aquilo que não vai lhe servir.

A decisão

MJS Deptolla_mkecupcakes, nws, sears, 2

Muitos estão entrando no ramos do cupcakes porque é a nova mania e parece divertido. Vender cupcakes pode parecer pura diversão, mas é um negócio e pode ser um ramo tão competitivo como qualquer outro. Antes de tomar esta decisão, pergunte-se se você é um empreendedor, afinal nem todos tem o estômago para aguentar o estresse que vai vir pela frente.

Você vai fazer promessas e terá que cumpri-las de qualquer jeito. Se algo der errado, a culpa será só sua. Você precisará fazer inúmeras contas para se certificar de que terá lucro. Terá que ser flexível e rígido ao mesmo tempo. Eu sei, parece assustador, mas preciso que você saiba o que vai enfrentar.

Vocês não estariam lendo isso se já não soubessem boa parte do que falei acima. Ter um negócio não é fácil. Mas acredito que vocês consigam. 🙂

Sua marca

Pronto. Você vai mesmo vender cupcakes. Se bem que… quem vai vender não é exatamente você. É o ___________ Cupcakes ou ________ Cupcakeria ou seja lá o nome que você escolher.

É hora de escolher o nome do seu negócio. Pode ser qualquer coisa que você imaginar, e claro que tem que ser exclusivo.

Por exemplo, eu usava Angel Cupcakes. Para você ver se o nome que está aí na sua cabeça já existe, faça o seguinte:

  • Abra o bom e velho tio Google e digite o nome lá. Entre aspas, como “Angel Cupcakes”. As aspas dizem ao buscador que quero estas palavras nesta mesma sequência. Observe se alguém já usa o nome.
  • Vá no Registro.br, a fundação que registra endereços de Internet no Brasil e na caixa onde diz registro de domínio, digite o nome sem espaços, acentos ou cedilhas. Por exemplo:
    • divinocupcake.com.br
    • meuscupcakes.com.br
    • cupcakeria.com.br
  • O resultado informará se o seu nome já foi registrado.

Apesar dos meios acima não serem oficiais indicativos de que uma empresa tenha de fato registrado este nome (qualquer um pode registar um domínio com qualquer nome), é um bom indício.

Lição de casa #1 – Criar o nome do seu negócio

A Estrutura

E agora que tudo está ficando mais real, do que vamos precisar?

A cozinha

A sua cozinha tem de estar preparada. “Mas como assim preparada, Angel?” Quer dizer que sua cozinha tem de estar impecável. Uma coisa é um fio de cabelo ou uma casca de ovo no bolo do fim de semana. É uma outra coisa quando este fio vai parar nos cupcakes da festa de casamento que todo mundo tá falando, não é?  Use o seu bom senso e não tenha cuidado extra com tudo que vai sair da sua cozinha para a boca de outras pessoas. Aqueles que puderem fazer um curso de higiene de alimentos ganham pontos extras.

Estou assumindo que a maioria de vocês iniciará um negócio a partir da própria cozinha.

O material

Um dos posts mais lidos aqui no blog é o “O que você precisa para fazer cupcakes?” Se ainda não leu, vá lá que eu espero. O material básico para quem vai montar um negócio é o mesmo:

  • A forma (assadeira) – Quanto mais cavidades melhor, menos fornadas. Existem de 6,12 e 24 cavidades.
  • Forminhas de papel – Quanto mais variedade melhor. Alguns clientes querem que os bolinhos combinem com o tema da festa.
  • Material para confeitar – saco de confeitar, bicos, espátulas, etc.
  • Material para enfeitar – confeitos, granulados, saias de cupcakes (wrappers), corantes e coisas do tipo.

Mas com adição de algumas ferramentas:

  • Eletrodomésticos em bom funcionamento –  Fogão, batedeira, geladeira, enfim, todos têm que segurar o tranco de várias fornadas;
  • Embalagem de transporte – ainda que improvisadas, deve haver algum jeito de transportar os cupcakes (veja algumas);

Os cupcakes

hey_cupcake_menu

Com toda a estrutura pronta, é hora de definir os cupcakes que você vai vender. A sua primeira missão é criar um menu com os sabores que você oferece. Estes cupcakes devem já estar testados e aprovados por vocês, amigos e parentes. Eles também devem ser visualmente bonitos.

Se você quiser, pode dar nome aos seus cupcakes. Na imagem acima, a Hey Cupcake decidiu usar o nome Michael Jackson para definir o cupcake de Oreo.

Então, cada item do menu deve ser algo assim (papel e caneta na mão, gente):

Cupcake de baunilha – Massa de baunilha com cobertura de creme de manteiga (buttercream) e recheio de doce de leite.

É importante que o cliente saiba exatamente o que vai receber, por isso a descrição é importante.

Para venda, eu tenho cerca de 15 sabores de cupcakes. A maioria das receitas estão aqui no blog.

OBS: Se alguns dos cupcakes não tiver lactose, açúcar, glúten ou outro alérgeno, é bom destacar. Pode ser um ponto extra com clientes com restrições alimentares.

Lição de casa #2: Definir os sabores e nomes dos cupcakes

Suas políticas

Antes de começar a vender é bom definir algumas coisas. Acreditem em mim, estes itens podem ser uma dor de cabeça se já não estiverem pré-definidos:

  • Transporte – O cliente vem pegar ou você vai deixar? O transporte é cobrado?
  • Pedido mínimo – Existe um limite mínimo de cupcakes por sabor? Acreditem que não é agradável quando o cliente lhe pede apenas 3 cupcakes de cada um dos 15 sabores que você tem.
  • Pagamento – Quais formas de pagamento você aceita? O cliente terá que pagar algum adiantamento? O recebimento é na entrega ou no fim da festa?
  • Pedidos específicos – Aquela massa com aquela outra cobertura pode? Aquele cupcake sem o recheio fica mais barato? Pode acrescentar nozes?
  • Temas – Você faz apenas cupcakes para consumo ou aceita encomendas de temas? Trabalha com pasta americana? Faz desenhos e bonequinhos?

É bom ter algo como um recibo/contrato para assegurar que as duas partes saibam do que estão assumindo responsabilidade. No próximo artigo, que vai tratar do dinheiro e do custo, vamos disponibilizar um modelo de contrato.

Feedback

Assim que vocês acabarem as duas lições de casa ou quem tiver qualquer dúvida sobre elas ou outro assunto, quem quiser pode enviar para o meu email angel@doce.blog.br ou usar o formulário de contato aqui do blog.

No próximo artigo, na outra quarta-feira (para dar tempo de processar as informações de hoje), vamos falar de custos, recibos, contratos, enfim, a parte legal e financeira do ramo.

Quer ganhar dinheiro nas festas juninas com estas 60 receitas? Clique aqui para saber como!

76 comentários em “Seu negócio de cupcakes #1 – Os cupcakes”

  1. Oi, Angel!!!

    Finalmente o post mais esperado por mim! eeeee….
    Lendo ali, to vendo que estou no caminho certo! Preciso só “ajustar” algumas das políticas. Por exemplo:
    -não tenho definido um pedido mínimo de sabores, mas para encomenda, faço a partir de 12 unidades (uma forma/meia receita);
    -se o cliente quiser um cupcake de cenoura, recheio de morango e cobertura de buttercream (sempre tem uns doidos assim 😛 ), eu cobro mais caro, pq não é um cupcake do meu cardápio, mas não tinha pensado ainda em acrescer ou reduzir no preço caso o cliente queira algo a mais ou a menos…..
    Eu já tenho um cardápio de cupcakes. Vou mandar no seu email pra vc me avaliar, ver se eu to fazendo certo…. kkk

    Mal posso esperar por semana que vem!
    AH! E gostei muito das dicas aqui! Ajudam muuuuuito!

    Beijinhussss

  2. Oi Angel!

    Acho que elogio pode ser repetitivo né… rsrs

    Muito bom o primeiro post! Amei e faço questão de dar retorno! Só não posso te prometer quando, mas é certo!

    Bjs

    Parabéns!

  3. Estou adorante essa aula de como montar meu negocio de cupcakes, esta me ajudando de uma forma imensa, pois estou tirando toda duvida que tinha .
    Obrigado.

  4. Oi, Angel, obrigada pelas dicas.Sim eu estou me preparando para abrir meu próprio negócio e com suas dicas me sinto mais estimulada ainda. Fico muito feliz e agradecida quando encontro pessoas com tanta generosidade como você. Até logo.

  5. Oi, Angel quem acredita em
    DEUS ,pode agradecer a ELE que enviou essa Angel para nós ajudar. Muito obrigada por toda essa dedicação ,e carinho realmente o que você faz por todas nós DEUS vai te recompensar. Muitos Beijos, Obrigada. Vou colocar em pratica tudo que tenho aprendido com as dicas.

      • Oi. Angel. estou preparando meu ATELIE para começar a trabalhar pra valer., pois já faço bastante coisas , como: bombons, pirulitos de chocolates, brigadeiro gourmet, doces fondados topiarias de chocolates, cupcakes, e já estou fazendo bolos decorados bem , e ainda monto fastas ,preciso de mais praticas. Mais ainda sinto muitas dificuldades para me firmar ,meu sonho e abrir uma lojinha, você acha que vale a pena ,já que tem tanta gente trabalhando em casa e pela internete? , Aguardo resposta ,um grande Abraço. Mara

        • Acho que vale sim, Mara. Mas é bom ter um capital de giro e ter certeza da localização e do público-alvo, pois os custos são altos.

  6. Olá…
    Estou começando a fazer cupcakes agora…ainda estão bebês, mas o pessoal da minha cidade já está super aprovando!
    Eu faço e minha parceira vende nas ruas. Está dando certo, Graças! Dividimos os gastos e o lucro.
    Como estamos no início e não temos muita noção da parte administrativa, o começo está sendo um pouco difícil, mas este blog está me dando forças e mais noção do que fazer.
    Agradeço demais as dicas. Me animou muito!!! 🙂

  7. angel eu ainda num tenho experiencia mais gosto de fazer só num sei fazer varios sabores eu to querendo vender na feirinha aqui perto da minha casa feira de verãop gostaria q vc me disse qual coebertura devo uzar que não derreta facio aqui onde moro e muito quente obrigada por nós dar tantas ideias beijos

  8. Oi Angel, eu sou nova nesse ramo de cupcackes e estou querendo investir no ramo e o seu blog é o que tem de melhor para ajudar, dar ideias, e sim, de passar confiança para os leitores. Essa semana estarei vendendo a minha primeira fornalha de cupcackes e espero me sair bem. Mas de qualquer forma voltarei aqui para comentar como foi. bjs e o seu blog esta de parabéns!

  9. Querida Angel, vc tem noção de como está mudando a vida das pessoas? ~Tens noção do bem que estás fazendo não só para uma pessoa, mas possivelmente para uma família inteira? A vc só temos que agradecer e que Deus possa te proteger e iluminar sempre. MUITO OBRIGADA.

  10. Olá Angel,

    Adorei as observações que foram feitas, esta é a minha primeira visita ao blog, visto que ainda não comecei o negócio, pois tenho um bebê de 8 meses e virei dona de casa por causa dela e sempre trabalhei na área de administração, mas agora comecei a sentir a necessidade de ter um renda própria e então pensei por que não cupcakes visto que moro em um prédio onde tem muita gente principalmente crianças e adolescentes pensei em começar vendendo em casa e se der certo partir para vendas em site, por hora estou analisando as possibilidade para não errar, mas continuarei acompanhando as novidades.
    Parabéns pelo blog.
    Abraço.

  11. Oi Angel! Quero parabenizar seu site e suas dicas , são ótimas … Mas tenho uma duvida em relação a minha idade… Tenho 15 anos e sou louca pra montar meu próprio negocio, tem alguma restrição? Ou eu não posso definitivamente ter minha “mini empresa” ?! Se souber me manda um e-mail ou então me manda lá no facebook tá? Vai me ajudar muito!! Beijos e sucesso !

    • Isa, eu acho que empresa “empresa” não dá. Mas nada impede você de fazer em casa em vender como a maioria das pessoas aqui fazem.
      Se for o caso de fazer parcerias ou vender para empresas, acho que seria necessário nota fiscal. Talvez seus pais possam ajudar nisso.
      Fique no mercado informal por enquanto, vá juntando dinheiro para no tempo certo abrir sua empresa.

  12. Olá Angel
    Comecei a pensar em fazer cupcakes justamente por que estou desempregada e tenho tempo de assistir aos programas de tv CAKEBOSS, BATALHA DOS CONFEITEIROS E BATALHA DOS CAUPCAKES. É difícil começar alguma coisa quando não se tem muita ideia do que vai acontecer, mas imagino que se não se arriscar a fazer nunca vai saber.
    Pensei em começar com poucos sabores uns 4 apenas e sair vendendo no bairro, de porta em porta mesmo. Afinal ainda não tenho clientela e muito menos experiência.
    Comprei algumas coisas, gastei uns R$250 reais, muito pra quem não tem nada, mas pouco pra quem precisa investir no sonho de um dia ter seu próprio negócio.
    Espero que dê certo, depois passo aqui pra contar.
    Ah, adorei as dicas dos pesos e medidas, pois não tenho balança pra medir em “g” .
    Obrigada por nos ajudar amiga, todos aqui devem estar muito gratos.
    Sou de Sampa, grande beijo
    Elaine

  13. Oi, Angel
    Ando procurando posts sobre cupcakes para minha filha que não pode trabalhar fora por causa do bebê e também porque eu gosto muito e já faço para as festinhas em casa. Gostei demais do que encontrei aqui e acho que minha filha também vai adorar. Até agora foi o melhor blog sobre o assunto, e olha que já pesquisei muito! É muito bom ver que você realmente deseja ajudar as pessoas. Você está sendo um verdadeiro anjo mesmo!!! Um beijo e muito obrigada.

  14. Angel, comecei há 3 semanas e tenho dúvidas, por exemplo, para meu bolo de chocolate 1/2 receita rende 8 cupcakes. Será que o pedido mínimo deveria ser 8? Mas e o valor? Aqui em minha cidade o poder aquisitivo do meu público não é alto e estou vendendo a R$3,50 (lucro mínimo). Como fazer nestes casos?

    • Você que define o pedido mínimo, Miriam. E se o preço está dando pouco lucro, você pode tentar comprar ingredientes no atacado, trocar de receita, negociar parcerias…

  15. Olá!

    Estou adorando seu site, há todas as informações necessárias, parabéns!

    Você citou sobre um exemplo de contrato, mas não consigo encontrar para baixar, poderia me enviar por e-mail por favor?

    Obrigada!

    • Pamela, tô devendo este contrato aqui no blog desde sempre…

      Como eu não trabalho com encomendas há séculos, preciso sentar e fazer isso com calma.

      Se alguém aí tiver um modelo, seria bom compartilhar.

  16. amei essa ajuda e maravilhosa estava perdida em tudo ,mas depois dessa aula acabei com as duvidas e agora mas que nunca tenho certeza de que meu negocio futuramente e ser dona de um estabelecimento de cupcakes com minha marca me mande suas receitas os 15 sabores que você tem por gentileza

  17. Ola Angel muito legal e gratificante seu blog sem palavarad para agradecer a chei ele por acaso ou seja nada e por acaso tudo tem razao de ser!!!Estou amando pois tenho uma sonh de entrar no ramo de cupacaks mas tenho um contra em minha familia meu marido nao quer porque diz que isso nao da dinheiro fico desistimulada com isso sab .Moro em Maceio alagoas mas sou gaucha nao conheço muita gente por aq ainda mas queria muito tentar mas nao tenho ideia de de como começar ainda o que eu façi voce acha que devo tentar ou nao ??Desde de ja agradeço que os anjos mostrem os caminhos so flores e bençaos em sua vida e de sua familia!!!

    • Sabe o que eu fiz? Comecei a fazer para as pessoas provarem, mandava pros amigos do meu marido no trabalho, saía distribuindo.

      Eu fazia isso consciente de que era uma questão de tempo até alguém dizer “nossa, você devia vender” ou então “você aceita encomenda?”.

      Aí este é o momento de você botar o lápis no papel e ver o custo direitinho para vender pelo preço certo e ter lucro.

      Amiga, com o dinheiro entrando, não vai ter esse aí na sua casa reclamando (aqui foi assim também).

      Sucesso. E precisando de qualquer coisa, manda email que eu te ajudo no processo.

  18. Olá boa noite, em primeiro gosto muito desse site e já tirei várias receitas e até já postei fotos de um dos meus cupcakes, bom e em segundo gostaria de abrir uma lojinha e tal, pois estão gostando muito aqui na cidade dos meus cupcakes, mas para encurtar a história estou perdido na hora de criar um nome, então pensei em pedir a ajuda de vcs, por favor dicas! Desde já muito ️Obg a todos !

  19. Boa Tarde Angel,

    Por acaso já foi feito o Post com informação de contrato, acabei perdida nos posts.

    Eu gostaria do modelo para imprimir e já deixar aqui caso comece as encomendas.

    Obrigada e Abraço.

  20. Oi Angel,

    Muito boas as dicas.
    Eu, por experiência própria, acrescentaria em “suas políticas”, o item “antecedência mínima para o pedido”, nos casos de encomendas.
    Sofri um pouco por não ter pensado nisso quando iniciei as vendas. As pessoas achavam que qualquer quantidade eu conseguiria fazer de um dia para outro, e ficavam chateadas quando eu não tinha como atender! :\
    Deixo aqui a dica! 😉
    Beijos!

  21. Olá querida Angel 🙂

    Vou fazer mini cupcakes para uma amiga (chá de bebê dela). vou fazer no total de 24. Só que será surpresa nesse próximo domingo. E será a 2ª vez que vou fazer.
    Qual a receita e cobertura que você me indica? Estava pensando em fazer a cobertura com pasta americana e colocar um molde de sapatinhos ou chupeta… mas vou ficar com receio de dar errado. Afinal não tenho nenhuma experiência. Qual a receita e cobertura que você me indica e que será um sucesso? bjs e obrigada.

  22. oi Angel eu também gosto da ideia de fazer cupcakes adoro fazer bonequinhos e decora~es de doces nunca fiz mas tenho muita imaginação o meu problema é que não sei sair p vender e conheço pouca gente ..fico com medo de gastar e não vender..me dê umas ideias..bjos amiga

  23. Olá Angel!
    Estou começando agora.. e gostaria de saber qual o preço mais “recomendado” para cobrar por cupcake!

    Desde já agradeço a atenção e todas as dicas compartilhadas!

  24. Oie Angel adorei seu blog, tirei algumas duvidas que eu tinha.
    Mas to fazendo um trabalho sobre planos de negócios , e eu escolhi fazer sobre empresas de cupcake, e gostaria de saber.
    Quando se tem uma empresa de cupacake em uma pequena cidade na sua opinião qual seria a necessidade?
    Qual é a importancia de se ter a empresa?

    • Andressa, é importante especialmente do ponto de vista legal. Serve para proteger você e seus clientes. Sem falar nas linhas de créditos disponíveis para pessoa jurídica, a vantagem de comprar em volume de determinados fornecedores no atacado, etc.

  25. Fantastico essas orientações!!!! O incrível é que serve até de orientação para se montar quaquer outro negócio, pois é um verdadeiro curso de empreendedorismo! Parabéns!!!!

  26. Ola,
    Ja faço cupcakes e docinhos a algum tempo, vendo em casa e encomendas.
    Estou numa duvida terrivel, ontem me perguntaram se eu faria para revenda.
    Mas nao sei como cobrar.
    Poderia me ajudar.
    Preciso dar um retorno.
    obg.
    Renata

    • Renata, o princípio é o mesmo, mas você terá que diminuir o seu preço de venda para que a pessoa possa colocar o lucro dela por cima.
      Ou seja, calcule o seu custo primeiro, adicione seus 10 a 20% de lucro (ou outro valor que você utilize) e este será seu valor de venda para revenda.
      Lembre que você aqui vai ganhar no volume e sem ter os custos de transporte ou de procurar clientes.

  27. Olá, estou querendo começar a fazer cupcakes, e fiz algumas receitas para testar. O problema é que eu já fiz umas quatro ou cinco fornadas com receitas diferentes e não ficaram muito bons. Bateu um desânimo.
    Tem alguma dica?

Deixe uma resposta para Grazi Cancelar resposta