Seu negócio de cupcakes #2 – O preço

Bem, já temos um nome e um produto. E por quanto vamos vender este produto? É impressionante como um preço de uma coisa pode afastar ou atrair um cliente, mesmo que ele não o conheça bem. Então, vender os seus cupcakes pelo preço certo pode ser a chave para fazer a diferença no mercado e não ter prejuízo.

O que incluir no custo

Cinnamon-Roll-Cupcake-Ingredients

A primeira lição é ir sabendo quanto custa cada cupcake que você faz. O que você deve levar em consideração na sua conta:

  • Todos os ingredientes usados (mesmo que só uma “pitada”)
  • Material usado no cupcake: confeitos, forminha de papel, saias de cupcake (wrappers), embalagens, etc.
  • Custos fixos (gás e energia)
  • O custo de sua mão de obra

Os gastos fixos

É impossível ou impraticável aceitar encomendas de cupcakes em uma cozinha sem energia e/ou sem gás. E a continha deles chega no fim do mês, não é? Via de regra, toda conta que variar por conta do seu negócio de cupcakes deve ser levada em conta. Isto varia conforme cada caso, mas quase sempre incluem gás e energia, mas também podem considerar telefone, internet, serviços de entrega, combustível (se você mesma entrega), serviços de transporte, etc.

A sugestão do Fofurices é adotar o valor fixo de 20 reais à cada receita para cobrir estes custos. Eu não tenho os mesmos custos para fazer um cupcake de cenoura (usando liquidificador e forno somente) do que quando faço o cupcake de manteiga de amendoim com cobertura e recheio.

Fica então à seu critério como definir este valor: se aplica um montante fixo a todas as receitas ou se ele varia conforme o uso dos equipamentos e serviços.

Mais dicas de cálculo de custos: Abordagem simplificada de custos | Simulador de consumo de energia

A mão de obra

Procurei em vários lugares e tem gente que cobra um valor fixo pela hora de trabalho. Por exemplo, no Receitas da Cyn, ela cobra R$ 20,00 pela hora trabalhada. Já em alguns artigos sobre custo de mão de obra em geral, vi recomendações de usar um valor de 20% como correspondente a taxa do seu serviço.

Em vários cálculos de custo que vi por aí, as pessoas não adicionam a mão de obra. Em compensação, adicionam 10-25% no chamado “lucro”.

O cálculo

O que estamos calculando aqui é o preço de custo de um cupcake produzido por você, ou seja, o valor mínimo pelo qual ele deve ser vendido para que você não tenha prejuízo. É muito importante que você entenda isso e não altere o valor base de cada bolinho, senão vai estar fazendo cupcakes de graça e ainda levando prejuízo.

Então, vamos colocar em prática a matemática que a gente aprendeu na escola:

  • Use a nossa calculadora para ver o custo da receita (e não da unidade) ou use a nossa planilha (link abaixo)
  • Adicione o valor dos custos fixos
  • Acrescente o valor da mão de obra
  • Divida tudo pelo rendimento da receita

Você também pode usar a nossa planilha para calcular o custo da receita (veja como usar):

[Download não encontrado.]

Exemplo

A receita mais em conta que já tive foi a de cupcake de cenoura. Neste exemplo é apenas o cupcake e a forminha (sem calda):

O custo da minha receita é de R$ 2,90 e cada receita me rendeu 12 cupcakes, então adiciono os custos e mão de obra:

Custo total da receita = Custo do material + custos fixos + mão de obra

Em nosso exemplo: 2,90 (custo da receita) + 5,00 (custos fixos*) + 20,00 (mão de obra**) = 27,90

*Eu sou nerd e realmente fiz o cálculo de custo de gás e energia e arrendondei grosseiramente. Mas use o valor que você achar justo.

**Esta receita me custa 1 hora de trabalho aproximadamente.

Custo unitário do cupcake = Custo total da receita / Rendimento da receita

Continuando: 27,90 / 12 => R$ 2,32

Então cada cupcake de cenoura que sai da minha cozinha com uma forminha de papel custa R$ 2,32.

O preço de venda

Ok, se eu vender meu cupcake por R$ 2,32, eu vou pagar tudo que eu usei, incluindo o meu próprio serviço. Tá, mas e o lucro? Cobrar o preço de custo não vai fazer você crescer. É hora de saber quanto as pessoas vão pagar para comer os seus deliciosos cupcakes.

O lucro

Qualquer valor acima dos 2,32 significa que você está lucrando. Tem gente que simplesmente pega o valor de custo e dobra ou triplica pra obter o preço de venda. Isso até está certo, já que o resto é lucro. Entretanto é bom chegar a um valor considerando outros fatores.

O público alvo

Vá no supermercado e me diga quanto custa um cupcake de baunilha. Agora vá para uma loja de shopping chique e me diga a diferença. O público é diferente. O seu preço, além de cobrir o custo, ser na mesma faixa do que o seu público alvo está disposto a pagar. Verifique os preços dos concorrentes, mas dentro da mesma área e nível que você.

Lembre que quanto mais caro se paga por algo, mais exigente o consumidor se torna com relação a qualidade. E não baixe o preço do seu produto para poder concorrer, isto não traz vantagem nenhuma e ainda atrai o tipo errado de cliente. Compense na qualidade.

Pedidos especiais

Existem ocasiões em que você pode receber pedidos com mais cupcakes do que você possa imaginar. Nestes casos, se o cliente pedir ou se você sentir que vai ser um fator importante, oferecer um desconto sobre o seu valor de venda é aceitável.

Um pedido de 5 dúzias de cupcakes de cenoura tem um custo pra mim de 60*2,32 = 139,20. Se eu os vendo normalmente a 4 reais cada, eu receberia 240,00. Mas eu posso dar um desconto de 10% e ainda ficaria com 216,00.

O desconto deve ser concedido sempre em cima do preço final de venda. (Já vi gente dando desconto em cima do custo).

É também hora de repensar no preço quando um cliente solicita adicionais que não estão previstos no seu cardápio ou em casos que exijam decoração com pasta americana ou algum trabalho extra na confecção do cupcake. Seria o momento de prever estas situações e definir desde já qual o valor dos cupcakes personalizados.

O Sebrae tem vários artigos sobre formação de preço.

Aumentando o lucro sem diminuir a qualidade

Uma palavra: atacado. Comprar em grandes quantidades quase sempre é muito vantajoso. Hoje em dia, já é possível comprar poucas unidades em lojas de atacado. Quando for comprar em grande quantidade, fique atenta a data de validade dos produtos.

Estar sempre informada sobre produtos novos e procurar alternativas aos produtos que você já usa também são boas maneiras de economizar sem que isso se reflita negativamente no produto final.

Leia mais sobre o assunto

Cozinha do Quintal – O site inteiro é dedicado a pessoas que trabalham a partir de casa com alimentos. Leitura indispensável. Em breve, a Paula estará fazendo alguns posts aqui pra gente!

Doceiras TwitterirasComo calcular o valor de seus produtos

FofuricesComo cobrar pelo seu trabalho

Receitas da CynCálculo de custo

CupcakeandoQuanto cobrar pelos seus produtos

O asunto é extenso e deve ter ficado muita coisa de fora. Dúvidas, problemas, sugestões? Comente!

62 comentários em “Seu negócio de cupcakes #2 – O preço”

  1. Oi, Angel!!!

    Gostei bastante das dicas e queria compartilhar uma teoria de como calcular o preço que vi no site “Receitas de Mãe”:

    “Para definir o preço do seu produto, avalie quanto você vai gastar com a compra de matéria-prima
    Na culinária, em bolos e doces, calcule, 10% de gasto para eletricidade, detergente, água e o gás que serão usados, some o preço das embalagens, e quanto você gasta de ônibus ou combustível para comprar a matéria-prima e fazer as entregas.
    Some tudo isso. Ao valor final, acrescente 100% ou 150% ou 200% – esse vai ser o lucro do produto.
    Por exemplo: você gastou R$ 60,00 com ingredientes, R$ 10,00 com despesas gerais (água, luz, gás,detergente) e R$ 20,00 com embalagem – o total é de R$ 90,00.
    Você sabe que,com esse material, consegue fazer 100 trufas – o custo é de R$ 0,90 (centavos) cada.
    Acrescentando 100% você terá o valor final de R$ 1,80 cada bombom ou trufa.
    Agora acrescente 150% sobre R$ 0,90 e você terá o valor final: R$ 2,25 ou com 200% você terá o valor final de R$ 2,70”

    Aqui, a Losana usa como exemplo trufas. Eu apliquei a teoria nos meus cupcakes, tendo como base um cupcake de eleboração média (mas ainda não cobro 100% em cima do custo). O lucro é garantido!!!

    Agora, é roer as unhas esperando o post da próxima semana…..

  2. olá adorei o post de hoje
    e vou colocar em pratica tudo que apreendi, com certeza não terei prejuízo ao calcular os meus cupcakes
    parabéns pela matéria .

    • Jaqueline, eu sei que o post tá com muita informação, mas se você precisar de algo mais simples, a dica da Grazi (1º comentário) serve do mesmo jeito.

  3. Adorei!!!
    Aqui a gente aprende desde o inicio. Graças a Deus estou fazendo certo. Dá um trabalhinho, mas se nao for assim, tudo na ponta do lápis, pode fazer uma venda ruim com prejuízos.
    Obrigada mais uma vez pelo post super mega importante.
    Bjs

  4. Angel, que delícia de post, acabei de ler no meu email!! Estou em falta contigo, mas esta semana vou te mandar um cálculo certinho ensinando a calcular o gás, parece que é o que as pessoas que vendem alimentos assados mais têm dúvidas. Estou me deliciando com esta série!!!

    Parabéns, já ansiosa pelos próximos!!!!

    beijooooooo

  5. Angel, que delícia de blog!
    Faço cupcakes há uns 2 anos, “caseiramente” por terapia, por amor à arte, e há uns dias resolvi transformar isso em fonte de renda. Criei uma página no Facebook, “Paticakes”, e estou vendendo cupcakes a R$ 2,50.
    Moro em cidade do interior em que há 2 ou 3 pessoas que fazem esse tipo de serviço pra festas e eventos, com valores de capital. Estou tentando me diferenciar pelo preço, como se fosse um “Cupcakes para todos”, mas receio que isso gere uma interpretação errada (“ah! esses cupcakes não são de qualidade).
    As dicas que você posta aqui são de grande valia, acho que finalmente vou conseguir me localizar nesse mercado tão doce, mas tão minucioso.
    Abraço!

  6. oi,Patrícia santos,tbém faço cupcakes a esse preço,mas por incrível q pareça as pessoas as vezes reclamam e acham caro,rsrsrs,tenho poucas encomendas faço mas porq gosto,e ak pra gente mesmo.acho q um cupcake por 2.50 ta super barato,ja comprei um em uma padaria por 3.40,e cá pra nós,uma massa dura!!nao gostei,mas fazer o q.paciencia,né?tenho q valorizar meu trabalho!bjos

  7. Você calculou errado: “Um pedido de 5 dúzias de cupcakes de cenoura tem um custo pra mim de 60*2,32 = 139,20. Se eu os vendo normalmente a 4 reais cada, eu receberia 556,80”.
    O correto seria 4*60 = R$ 240,00, não 4*139,20= R$ 556,80 como você fez. Pois deste modo, seu cento de cupcakes de cenoura custaria o absurdo de R$928,00!!!

  8. ola td bem…adorei esse bolg,muito obrigada,por ensinar o que vc sabe…vc sabe alguma coisa sobre codigo de barras,quero vender para um supermercado da minha cidde.obrigada.

    • Adriana, eu não tenho muito conhecimento sobre código de barras. Mas acho que é para vendas de produtos que tenham registro junto ao órgão competente. Não acredito que os cupcakes se enquadrem neste quesito.

      Para vender para o supermercado, acho que vc vai precisar dar nota fiscal para o mesmo. Aconselho vc a entrar em contato com o Sebrae para maiores informações.

  9. Olá Angel Costa,

    Minha noiva e eu estamos começando um negócio de na mesma linha do que a maior parte das pessoas que acompanha o blog, nós como todos os demais temos acompanhado também.

    Acontece que sou Administrador por formação, e tenho alguns comentários que ajudaria demais às pessoas que querem iniciar seu próprio negócio. Primeiramente você comentou, ainda que superficialmente, comentou bem alguns dos métodos que podemos usar para formação de preço, ou precificação.

    Existem outros métodos mais precisos, e asseguro que não só a ajuda do Sebrae como a ajuda de alguém que tenha formação acadêmica em Administração, sim Administração, não é Econômia, nâo é Contabilidade, nem Engenharias, Administração poderá oferecer essa consultoria de formação de preços, assim como o Sebrae de forma precisa e mais detalhada.

    Gostaria que fizéssemos contato para uma parceria que busque a profissionalização dos empreendedores que estão querendo começar seus próprios negócios neste ramo ainda não muito explorado no Brasil.

    Por oportuno gostaria também de parabenizar pelo trabalho, que devo dizer que está muito próximo dos sistemas e métodos utilizados em empresas de Gestão de A&B de grandes franquias de restaurantes e lanchonetes utilizados pelo Brasil a fora.

    Deixei meu e-mail de contato, caso haja interesse em fazer a publicação de uma postagem para aumentar o profissionalismo dos seguidores do Blog ainda mais, através de dicas de gestão, métodos e organização de padronização para ajudar as pessoas interessadas em abrir os próprios negócios e também facilitar o acesso ao crédito para os empreendedores que estão iniciando.

    Rafael Brichet.

  10. Olá! Eu produzo cupcakes e outras guloseimas de forma absolutamente artesanal. Uso método de cálculo semelhante ao ensinado no post acima… Os meus cupcakes custam R$ 2,50 o simples (massas simples e menos elaboradas) e os mais trabalhados custam a partir de R$ 3,00 até R$ 3,50 e em ambos os casos a embalagem simples já está inclusa. Parabéns pelo blog! Vou estar atenta a seus posts!
    Sucesso para todos nós!

  11. Tenho 15 anos, eu e uma amiga vamos começar a vender cupcakes na minha cidade, é uma coisa inovadora e não há concorrência alguma. Quero saber quanto tempo, mais ou menos, eu começo a ter volta do dinheiro investido. Tenho muito medo de não ter clientela pela pouca idade que tenho.

    • Depende muito do quanto você investe, Sarah. Os custos iniciais para quem trabalha em casa são poucos. Basta ter um fogão, as forminhas, batedeira e alguns acessórios que você já está no mercado.
      Se você mostrar que o seu produto é bom e tiver um preço acessível, a sua idade não vai importar muito.

      Sucesso!

    • Oi, Sara, que legal você tão jovem e já com um projeto assim! Se na sua cidade não tem ninguém que faça cupcakes, seu sucesso está praticamente garantido! Mas cuidado, vá com calma para não comprometer o seu negócio. Faça tudo direitinho como a Angel sugeriu, conquiste sua clientela devagar, com qualidade e simpatia. Algumas coisas darão errado com certeza; é assim mesmo com todo mundo, não desista E mande notícias, estarei torcendo por você e sua amiga. Um beijo.

  12. oi gente boa noite ,eu estava passando pela internet e vi todos voces falando sobre calculos de venda pra cupcakes , eu sempre quiz comprar pra minhas festinhas em casa mas nunca mi atrevi porque acho que isso ai é muito caro pra comprar , vou ir direto ao ponto se eu quiser comprar 100 cupcakes quanto é que isso ai custa , eu so sei comer nao sei fazer,nao intendi nada desses calculos ai, nao sei fazer, pra mim é mas jogo comprar pronto,será que voces poderiam mi falar quanto custa

  13. boa noite ,
    gostaria de saber se esta certo a forma como façomeus calculos pra venda de pão de mel etc .pois bem eu somo tudo quevai en 1 receita ,+embalagem+etiquetas +fitilho+ somo o valor do gaz e divido por 30, o valor da luz e divido por 30,0 valor da água e divido por 30dias no final da conta ex deu 25.00 reais eu divido pela quantidade de pão de mel que da minha receita ex 40 pães de mel =0.62 sai cd pão de mel pra mim ai eu multiplico por 3 ex 0.62×3=1.87 que seria o meu preço final mas redondo pra 2.00..
    por favor vc pode me dizer se esta certo ou errado a forma como faço .obg.

  14. Olá querida,
    Amei sua dica da planilha, até faço um pouco parecida, mas não tanto! Porém farei dessa forma que aí não haverá como errar!
    Bjs e parabéns!!!!!!!!!

  15. olá boa tarde vou começar a fazer cupcakes em casa para ajudar no orçamento familiar ja fiz alguns para amigos e todos gostaram muito mas nao tenho xperiencia nenhuma em como calcular valores po isso usei a calculadora do site ,mas nao sei se esta certo meus calculos
    ex a receita que eu fiz foi para cupcakes de trufa entao o custo dos ingredientes foi de mais ou menos 56,00 essa receita me rente uns 20 cupcakes e cada cupcakes 2.82 é a partir desse valor que acrescento os custos como gaz ,luz mao de obra et
    ex:2.82+5.00+20.00=27.82
    27.82/20=1.39 e o que eu acrescentar a partir desse valor sera o meu lucro ? é isso mesmo sera que entendi fiquei muito na dúvida

    se puder me ajudar agradeço muito

    bjoss e desde ja te agradeço

    • Dulci, algumas pessoas acrescentam apenas 20% para sinalizar os serviços e os custos de gás/luz.
      Cada cupcake custa 2,80 e com os 20% de mão de obra e luz/gás, o preço de custo final fica uns 3,36.
      Então, você precisa vender ele acima desse valor para ter lucro.

  16. Gostaria de saber qual a melhor receita para cupcake, será massa tipo de bolo ou de pão de ló??? Fiz as duas mas ainda estou co.com dúvidas, obrigada.

  17. Olá Angel! Não sei se já fizeram estas perguntas antes, mas realmente tenho dúvidas.

    Como faço para mensurar o gasto de “1 pitada de sal”, por exemplo? É complicado, pois essa quantidade não da nem 1g do produto. Minha balança é digital, porém ela não marca nada abaixo de 6g, se o valor for inferior, fica aparecendo “zero” :/

    Outra coisa que acho complicada são os cálculos de custo com embalagens, tanto para transporte (caixas mais simples) quanto embalagens mais decorativas. Sei que devo considerar o frete no caso de comprar online, mas se saio para comprar o item, devo considerar combustível, estacionamento, etc?

    Pergunto tudo isso, pois esses cálculos geraram uma complexidade tão imensa que nunca consigo finalizar o valor dos meus produtos rsrs

    Se puder me dar algumas dicas, agradeço 🙂

  18. Pamela, para as “pitadas” eu geralmente uso a colher de 1/4 (chá) – metade da de 1/2. Mas pode considerar de 0,5 a 1g de sal.

    Infelizmente, tudo que for feito para o seu negócio de cupcakes entra na lista de custos.

    Tente pensar como se fosse uma empresa: a gasolina da frota sai de graça? Os cartões de visitas?

    Mas tem uma diferença entre custos fixos e variáveis. Nem sempre você vai sair de carro para comprar algo. E alguns custos ficam tão diluídos (como comprar 10 mil forminhas de uma vez) que alguns desconsideram.

    O que o pessoal faz é juntar tudo isso nos 10 a 20% do preço e chamar de “outros custos”.

    Uma coisa que é boa e de graça é o SEBRAE. Dependendo do seu caso, eles podem te indicar a necessidade ou não de uma ferramenta para gerenciar estes custos.

  19. Estou fazendo pote cake( bolo no pote) mas nao consigo calcula os gasto nas coisas grande tipo açucar farinha … ai nao sei se fiz certo por cima meu gasto por pote e de 1.98 com embalagem … vendo a 3.50 acho que nao terei lucro

  20. Gostei do seu post, muitas pessoas desenvolvem receitas deliciosas mas na hora de cobrar não levam em conta todos os gastos envolvidos e acabam não tendo sucesso, e controlar os custos na produção de qualquer produto para saber precificar é um fator fundamental.
    Parabéns pelo artigo!

  21. oi gostei das dicas ,eu comecei fazer cupcakes para vender,estou vendendo a 2,00 reais o grande cada,nao sou muito boa em calculos,eu gastei em todo que comprei para fazer,247,71 reais ,incluindo ate forminhas,embalagens,como saber quanto vai ser meu lucro,cada receita da 20 cupcakes…obrigado pela atençao aguardo resposta…

    • Para identificar os seus concorrentes, basta prestar atenção em quais são os nomes mais falados na sua região ou cidade. Essa informação você consegue perguntando para amigos e colegas no trabalho, observando o movimento de algumas lojas, etc

  22. Oi, querida!!!!! tudo bem? Angel, não consegui encontrar o modelo de contrato que falastes no negócio de cupcakes… Teria como passar pra mim?
    Obrigada!

  23. Olá estou pensando seriamente em começar um negocio de cupcake já faço uns simples pra casa mesmo e os cursos para se profissionalizar são distantes de onde moro agradeceria muita se me enviassem algumas dicas obrigado pelo espaço!!

  24. eu to pensando em vender capcakes tbm ,
    eu ja vendo bombons dos grandes a 3 reais cada. passo pra as pessoas vender com 40% de descontro tenho menos lucro mas dai pegao em maior qantidade.
    tenho concorrencia sim.
    Mas capcakes ainda nao vi ninguem entao nao terei concorrencia e sera mais facil de vender …

  25. Boa noite, gostariamde saber quanto custa 60 cupcake de chocolate, recheado de doce de leite, sem ameixa e coberto com pasta americana com o número 36 emmcimamna cor rosa. E sem com a forminha rosa com bolinhas marrom. A data seria 08/04/2017.
    Gostaria de saber como,são as formas de pagamento e se vcs entregam.
    Grata
    Att,
    Luana Rodrigues

Deixe um comentário