Suspiros perfeitos toda vez

Gente, como é bom estar de volta! Que saudades de vocês... Muita coisa mudou por aqui e depois eu atualizo todos, amoriguetes. 😘

Notei que vocês andam procurando muito por suspiros aqui no blog, então separei algumas dicas que encontrei lá nas InterWebz. Vamos lá?

Ovos

Suspiros perfeitos toda vez 1

Ingrediente básico, principal e essencial do suspiro. Preciso dizer que eles precisam ser de boa qualidade? Não, né?

A gordura está para o suspiro assim como Thanos está para os Vingadores. Um tequinho de gordura na tigela ou um pontinho de gema onde você está batendo o suspiro e as claras não crescem direito, o suspiro não incha no forno e a paz mundial já era.

A solução para isso é separar os ovos com bastante cuidado. Quebre os ovos um por vez em outro pote, veja se não tem gema, se está fresco e aí sim você pode jogar ele na tigela. Não sei quantas massas já perdi por jogar ovo podre direto na tigela 😅.

Para evitar cascas no suspiro, quebre os ovos em uma superfície plana em vez de na borda da tigela. E também assim se evita que a casca fure a gema.

Ovos frios são mais fáceis de separar porque estão mais firmes, mas ovos em temperatura ambiente mantém mais a estrutura depois de batidos. Solução? Separar os ovos enquanto estão frios e esperar de 30 minutos a 1 hora para poder bater.

Equipamento

Suspiros perfeitos toda vez 2

Um truque que eu vejo vários youtubers de comida fazendo é limpar a tigela onde vão bater o suspiro com um pano ou papel-toalha levemente umedecido com vinagre (qualquer tipo) ou uma mistura de sal com limão. Isso ajuda a tirar qualquer gordura ou impureza.

A batedeira, colheres e quaisquer outros equipamentos usados devem estar secos e limpos. Se você tiver tigelas e materiais de metal ou vidro dê preferência a eles, pois o plástico tente a acumular gordura de usos anteriores.

Dica extra: tigelas de cobre causam uma reação (inserir ciência/física/química aqui rs) que deixam as claras mais fofas e mais estabilizadas.

Açúcar

Suspiros perfeitos toda vez 3

Como o açúcar dá estrutura pro suspiro, é ideal que ele dissolva bem fácil para que se misture de forma homogênea. Por isso, é indicado usar açúcar o mais fino possível, como o de confeiteiro. Se não tem por aí na sua região, bata o açúcar cristal em um processador de alimentos ou em um liquidificador até que fique quase como talco. O açúcar deve ser adicionado bem devagar e aos poucos (uma colher por vez) para não murchar a massa.

Um truque bacana é levar o açúcar ao forno (em forma forrada com papel-manteiga) para retirar qualquer umidade e deixar o suspiro ainda mais brilhante. Pré-aqueça o forno baixo por 5 minutos, depois deixe o açúcar por 7 minutos. Daí você já pode usar ele na temperatura em que estiver, sem precisar esfriar. (Dica do site Meringue Girls)

Cremor de tártaro

Suspiros perfeitos toda vez 4

Se você procurou receitas de suspiro pela Web, viu que algumas pedem por cremor de tártaro. Embora não seja obrigatório o uso, ele desencadeia uma reação química no suspiro (especialmente quando batido em tigela de cobre) que o deixa mais estável e menos provável que murche.

Se não tiver na sua cidade, dá para substituir a quantidade de cremor de tártaro pelo dobro em suco de limão. Se a receita pedir 1/4 colher de chá de cremor, você usará 1/2 colher de chá de suco de limão.

Batedeira

Suspiros perfeitos toda vez 5

Quanto mais potente a sua batedeira, mais estável seu suspiro será. Quanto mais "fios" o seu batedor tiver, mais fácil a batedeira incorpora ar à sua massa. Resumindo, se for bater à mão, use um batedor ou fouet com mais fios que achar.

Você deve bater a massa inicialmente em baixa velocidade com o cremor de tártaro e outros opcionais e só depois em velocidade alta até que esteja em ponto de pico firme (formar picos que não caiam nem dobrem quando você levantar o batedor) e com um certo brilho. Você tem que ser capaz de virar a tigela de cabeça pra baixo sem que a massa caia.

Deixe para adicionar corantes e extratos/essências assim que der o ponto de confeitar. Bata apenas o suficiente para a massa ficar homogênea novamente.

Saco de confeiteiro

Suspiros perfeitos toda vez 6

Na hora de botar a massa no saco e de apertá-la para botar os suspiros na forma, faça-o com delicadeza para manter o ar na massa. Tente deixar algum espaço entre a massa e o lugar onde você aperta.

Se o suspiro não fizer os picos, então você bateu demais a massa.

Forno

Suspiros perfeitos toda vez 7

O forno deve estar pré-aquecido e em baixa temperatura. Dependendo do seu forno, pode levar de 30 minutos a 1 hora. Se seu forno for meio louco como o meu, coloque-o na grade mais alta.

Tente usar sempre papel manteiga para evitar o contato direto com o calor da forma e também para facilitar na hora de remover o suspiro. Se ao tirar o suspiro, ele estiver grudando um pouco ainda no papel, ele ainda precisa de alguns minutos no forno.

Se você notar seu suspiro suando enquanto está no forno é porque a temperatura está muito baixa. Nestes casos, aumente a temperatura e diminua o tempo de forno.

Suspiro dourado

Suspiros perfeitos toda vez 8

Se você está fazendo o suspiro para cobrir alguma outra sobremesa ou quer dar um tom mais douradinho e crocante com um interior mais cremoso, você pode usar um maçarico culinário. Não é tão caro quanto eu pensei, eles estão disponíveis a partir de 50 reais a lata.

Como guardar suspiros

Suspiros perfeitos toda vez 9

Suspiros não gostam de umidade, então eles têm que ficar em um pote beeeeem fechado. Se por algum motivo eles começarem a suar ou ficarem moles, coloque-os por uns 10 minutos no forno baixo que eles tomam jeito e vergonha na cara de novo.

Se vocês tiverem alguma dica ou dúvida, deixem nos comentários, tá?

5 comentários em “Suspiros perfeitos toda vez”

Deixe um comentário