Batedeira Kitchen Aid: meu sonho de consumo na cozinha

Batedeira Kitchen Aid: meu sonho de consumo na cozinha

Não sei vocês, mas quando vou ao supermercado e tenho um pouco de tempo, passo por cada corredor para ver o que tem de novidade. Foi assim que descobri o Tofutti, o leite condensado de colher, Goldfish crackers, a manteiga de amendoim e a mistura de bolo da Supra Soy. Se o preço é razoável, eu levo. Admito que gastamos aqui mais com comida do que com maquiagem, roupa e outras coisas.

Entretanto, se o preço pode comprometer o orçamento doméstico, o produto vai para a minha lista de desejos. Na categoria cozinha, o produto no topo da lista é a batedeira vermelha (não a azul, nem a verde, nem a preta, a vermelha) da Kitchen Aid.

Vocês já devem ter visto este exemplar de "maravilhosidade" na TV (Guerra dos Cupcakes, Cake Boss), quase todo programa tem uma dessas. E você me pergunta, "tá, Angel, o que ela tem de mais?"

Primeiro, ela é linda, combina com qualquer cozinha. E ela é muito mais do que apenas um corpinho todo de metal bonitinho:

  • Design ganhador de prêmios;
  • Qualidade reconhecida mundialmente;
  • Tem modelos com até 10 velocidades;
  • Ela é uma planetária (os batedores giram ao redor da tigela e em seu próprio eixo);
  • Os batedores encostam na tigela em 59 pontos (não precisa raspar a tigela);
  • Vem com acessórios opcionais (Moedor, pasta roller, sorveteira, extrator de cítricos e set gourmet).

Lá "no estrangeiro", é possível encontrar esta belezinha a partir de 250 dólares, que podemos arredondar para algo como 600 reais. E tem pra vender no Brasil? Tem. E quanto custa, Angel? A mais barata? R$ 2.200,00.

Eu vou escrever por extenso para quem ficou confuso: dois mil e duzentos reais. E fica pior: ela pode chegar a R$ 3.200,00 na versão profissional. Deve ser o mesmo pessoal que faz a conversão dos preços de iPad e iPhone.

Com este preço dá pra comprar:

Dá pra comprar 3 dessas e ainda sobra dinheiro para as formas de cupcake
Dá pra comprar 3 dessas e ainda sobra dinheiro para as formas de cupcake (pena que é de plástico)
Ou seis dessas
Ou seis dessas

Para quem aí quiser (e puder) comprar, namorar ou me dar uma de presente, basta ir ao site da Kitchen Aid no Brasil: http://loja.kitchenaid.com.br/portateis/stand-mixer

Quais os sonhos de consumo de vocês na cozinha?

Qual seu atual sonho de consumo?

Resultado
Carregando ... Carregando ...

29 comentários em “Batedeira Kitchen Aid: meu sonho de consumo na cozinha”

  1. Oi Angel,

    A batedeira é linda! Mas o preço... rs
    Pensando em custo/benefício, qual batedeira nacional vc recomenda para quem está pensando em se aventurar na produção de cupcakes? E se não for pedir demais, vc teria uma dica de forno também?
    Obrigada!
    Bjo

    • Fabíola, se você puder comprar a planetária da Arno, ótimo. Se não puder, qualquer uma serve.
      A prova disso é que comprei uma da Mondial, por 58 reais e tenho feito as 3 últimas receitas do blog com ela.
      Mas se é para fazer cupcakes para encomenda, procure a maior potência e tigela que você puder. Marcas que já testei e gostei: Walitta, Arno, Mondial, Britânia.

      Quanto aos fornos, outro item que cobiço é um forno de embutir... mas estou muito satisfeita com meu fogão da Electrolux.

  2. Oi, Angel!

    Minina, bisurdo o preço disso aí!

    Sou muito mais comprar uma da Phillips Walitta do que essa daí.
    Tudo bem! É linda, super profissa, coisa e tals. Mas tem horas que o mais caro nem sempre é o melhor, né?

    Fico com as "nacionais" mesmo.

    Tem diquinhas para mim de batedeiras planetárias?

    Bjs

    • Minina, e não é? A minha planetária da Arno tem dado conta do serviço há mais de 7 anos.
      A gente sabe que o plástico de hoje não é o mesmo plástico dos eletroportáteis de antigamente, então se for para durar vale a pena investir em marcas boas.

    • Comprei uma tempos atrás, da Phillips Walitta, mas é a simples: dois batedores e blá, blá, blá.
      Mas quero uma planetária para complementar. Porque muitas das minhas receitas eu tenho que bater as claras separadas e misturar depois. Aí, enquanto bate a massa na planetária, as claras vão na batedeira mais simples, tendeu?

      Vou pesquisar preços.. É o jeito!

    • Rose, comprei uma da Cadence há pouco mais de 1 mês e estou adorando, eh mto boa. Só a tijela que realmente é um pouco pequena, 3L apenas...

  3. Ha, Angel,
    Passo sempre por aqui pelo menos 3x por semana e esse post de hoje, véspera de feriado aqui Manaus(5 de setembro-Elevação do Amazonas à categoria de província)... deu vontade de correr pra cozinha fazer cupcakes se essa belezura morasse na minha cozinha .... kkkk ... ta minha lista dos desejos tbm ... Sucesso sempre ...
    Kelly Nomura

  4. Eu tbm sonhooooo com uma kitchen aid dessa, mas a amarela! Já falei pra uma das minhas futuras madrinha de casamento q quero uma!rs. Pena q aqui seja taoooo mais caro!

    • Tava pensando aqui... se eu sortear uma dessa aqui no blog, eu teria que deixar a cor opcional, né?

      Acho a preta muito linda também.

  5. Meu sonho de consumo era uma planetária, até que ganhei no meu aniversário. Soube depois que a que ganhei é uma versão mais baratinha da original, é a Planetária Essential, que eu nem sabia que existia. De qualquer forma estou nas nuvens com ela, fico me perguntando como pude viver com a outrazinha Arno -mais-barata-da-loja que tinha que rodar a tijela com a mão. Por isso que eu ficava tão cansada só de bater um bolinho. Essa que você mostrou eu nem conhecia, Angel. Se eu tivesse uma, dormiria abraçada com ela!!!
    Beijos

    • Depois que você conhece uma planetária é assim mesmo, Denyse. A gente se pergunta como vivia sem ela.

      Qualquer uma que seja, até a mais básica vale o investimento (ou o presente). Ela bate claras em neve bem rapidinho.

  6. Angel!
    Conheci seu blog há uns dias e já li TODOS os posts (sério, as 28 paginas) hahahhah PARABÉNS, e obrigada por compartilhar o conhecimento! Vou me aventurar nos cupcakes para venda.
    Essa batedeira... *suspiros* queria uma de qualquer cor (ou a de glitter furtacor que vi por aí hahahaahah). No fundo, no fundo, bom mesmo seria comprá-la nos EUA né :/ ê carga tributária infeliz essa nossa!!

    • Lu, fico feliz que você tenha curtido o blog e não tenha ficado vesga com tanto cupcake ehehehhe.

      Se eu tiver algum amigo próximo viajando, eu tento encomendar uma.

      Se tiver qualquer dúvida também, basta mandar um email!

  7. Esta também é meu sonho de consumo, fico namorando o site sempre que tenho um tempinho, até já escolhi os acessórios que quero.
    Sei que tem outras marcas nacionais que também são ótimas, mas sonho é sonho,não tem explicação.

  8. Oi Angel! Estava eu hoje procurando uma receita de cupcake sem lactose por que tenho intolerância e tenho a feliz surpresa de encontrar teu blog. Amei!
    Então olhando tuas postagens encontrei essa da batedeira, bem ela e linda e pesa uma tonelada rsrsrs brincadeira, mais se te servir de consolo não troco minha planetária da Arno por ela, minha irmã tem uma e ela tem muita força e a massa que usamos nos cupcake aqui no Brasil não são massas pesadas a base de pura manteiga como as americanas por exemplo então o resultado final não e bom. Minha irmã tem as duas essa e a planetária da Arno e ela usa mais a Arno, essa ela deixa para fazer massas mais pesadas como de pão e para enfeitar a cozinha porque ela e linda mesmo.
    Parabéns pelo blog, bjos

  9. Nao quero jogar um balde de agua fria com quem sonha com essa batedeira. A um tempo atras estava pensando em comprar uma e li muita coisa a respeito no site da Amazon, varias reclamações e os problemas se repetiam. Para quem acha que a empresa nos EUA eh uma maravilha tambem engana-se, eles são bem enrolados por sinal. A kitchenaid ja foi sinônimo de eletrodomésticos de qualidade nos Estados Unidos. tem gente com batedeiras de 20, 30 anos e ainda funcionando, as engrenagem eram de metal, pecas robustas etc, mas hoje são feitas em plástico e com pouco tempo de uso ja começam a dar problema. Pessoas reclamando de barulhos, oleo vazando na massa e por ai vai. Se for usar uma vez ou outra e ela ficar mais como decoração na cozinha, ok, sem problema, mas se for para uso constante, acho que vai ser furada. De todas elas, as que tem menos reclamação são as da linha Artisan, que são as menores ( 4.8l ), as da linha profissional são as que tem mais reclamações.

    • Acabei de ler o seu post. Por coincidência tenho a mesma batedeira que vc, que herdei da minha mae, Ela ganhou, nunca usou e ficou na caixa sei la por quanto tempo, acho que por uns 10 anos. Quando casei, peguei a batedeira e eh a que uso atualmente. Não posso dizer se eh boa ou ruim porque nunca tive outra, mas tenho um pouco de raiva dela, pois uma vez a parte articulada fechou bem na ponta do meu dedo e a partir desse dia virou uma relação de amor e ódio. Outra coisa que não acho legal nela eh que sempre tenho que parar e ficar raspando as laterias e o fundo dela bem no meio, mas pelo menos funciona.

  10. Angel, como você sabe já sou sua fã, estou começando a fazer cupcake mas, não estou conseguindo fazer as benditas coberturas, tem alguma dica para facilitar, pois quero ganhar um dinheirinho extra, beijos.

  11. já tentei fazer o buttercream, mas ficou mole, também tentei colocar corante aí ficou uma meleca só, estou quase desistindo, espero uma dica sua, miga.

    • Vera, vou fazer o possível e o impossível para sair um vídeo com isso. Estou vendo muita gente com dificuldade com o buttercream.
      Mas use manteiga (manteiga mesmo) em temperatura ambiente, bata até ela ficar branca (bata mesmo), e só então adicione o açúcar.
      O problema pode estar na proporção de gordura e açúcar. Vou trazer um passo a passo, ok?

  12. Olá Angel, gostaria de saber de uma profissional, qual melhor saco para confeitar, porque todos que eu uso rasga ou começa a sair pelo bico, vi uns pela internet, são : de lona, emborrachada e também de silicone, estou esperando sua resposta, obrigada.....beijos....

Deixe um comentário