Coleção de técnicas de cobertura de cupcake

Não tenho vergonha nenhuma em dizer que tenho a coordenação motora de um hipopótamo vesgo grávido e bêbado no meio de um terremoto. De fato, quando eu estava grávida houve um recorde de quebra de copos de vidro aqui em casa.

E isto vinha afetando um pouco minha habilidade de confeitar. Lá estava eu fazendo a voltinha do cupcake quando alguém soprava no meu ouvido e, pronto, a voltinha virava a Torre de Pisa.

Mas como o blog tem feito mais sucesso do que eu previa (um abraço e aperto na bochecha de cada um de vocês por isso), procurei uma solução para isso. E o que eu achei? Um zilhão (número aproximado) de tutoriais no Youtube com outros tipos de cobertura.

Sim, prezado leitor, existe cobertura além da voltinha. E, como sempre, trouxe aqui na mala o que encontrei para compartilhar com vocês.

Mas aí, vocês me perguntam: “Angel, os vídeos são em inglês?”.

Sim, amiguinho, todos são em inglês. Mas falamos a linguagem universal do buttercream, é só ver e treinar em casa. Algumas técnicas estão repetidas – quase todas mostram como fazer a voltinha – mas sempre tem uma diferente por vídeo, então não pule nenhum. Porém, se for pular vá para o último.

Técnicas para quem está começando

Este vídeo do HowCast eu achei interessante por apresentar técnicas usando apenas o saco de confeitar, sem bico algum. Então, você não tem mais a desculpa de não achar os bicos aí na sua cidade…

Jeitos diferentes de usar o bico 1M

Eu não sabia o que era cupcake até ter um bico 1M (vulgo pitanga aberta). Ele é um coringa. Ele é luz, é raio, estrela e luar. Se ainda não tem, corra para a loja de festas mais próxima ou então para a Barra Doce. O preço médio é 5 – 10 reais.

Neste vídeo, a moça ensina 4 técnicas simples com este bico. É um bom começo para quem quer variar e só tem 1 bico.

Usando o bico 2D

O bico 2D, conhecido no submundo da confeitaria como pitanga fechada, deixa tudo mais chique, mais delicado, cheio de babados.

Avançando um pouco mais

Estes 2 vídeos da Austrália são muito interessantes. No primeiro ela ensina como fazer a voltinha de cupcake usando um bico diferente e em forma de babado. No segundo ela traz técnicas que eu nunca tinha visto.

Ok, se você chegou até aqui, parabéns. Guardei algo especial para você.

Vomitei um arco-íris, como diz a garotada, de tão fofo, lindo e cuti-cuti que este vídeo é. Sério, o “acabamento” que eles fazem, “rebocando” o topo do cupcake com buttercream faz toda a diferença.

Gostei tanto que vou trazer esta receita de cupcakes de topo achatado ainda esta semana. Sim, é uma receita específica para deixar os cupcakes com a superfície reta.

PS: Esqueci de avisar no outro post que o nosso Concurso vai ser lançado na próxima segunda, dia 03 de novembro.

26 comentários em “Coleção de técnicas de cobertura de cupcake”

  1. Os vídeos são todos ótimos, do mais simples ao mais elaborado, mas eu tô morrendo com o último! Fofura megablaster esses cupcakes. Alguém saberia me dizer o número do bico que a moça chama de “large star” no primeiro vídeo? Sou doida para fazer esse topo que parece um suspirinho, do jeito que ela mostra no vídeo, mas não sei bem que bico se usa. Beijos!

  2. Oi Angel,

    Vou assistir a tds os vídeos mais tarde. muito obrigada por dividir esses conhecimentos, vc é mara!

    Sério, acho q vc nasceu pra ter um blog, seus textos são maravilhosos, nos deixa tão leve e contagia q parece q somos amigas de infância! rs

    Ai, mto bom. Me identifiquei demais com o início q diz: Não tenho vergonha nenhuma em dizer que tenho a coordenação motora de um hipopótamo vesgo grávido e bêbado no meio de um terremoto.

    Bjão e obrigada mais uma vez!

  3. Angel…como vc é encantadora!!! e adorei o “coordenação motora de um hipopótamo vesgo grávido e bêbado no meio de um terremoto”…vou fazer um cartaz p minha geladeira com esses dizeres….kkkk ri muito, sozinha…e o bico raio, estrela e luar….n sei de onde vc tira isso!!!!é antigo, menininha, n é do seu tempo!!!!!kkkkkkkkkkkkkkk
    Incrivel, e vou te comparar com um cupcake: unico, lindo, fofo, perfeito e deixa a gente feliz!!! o gostoso deixo p seu maridão!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ah, sobre o ebook…é tem q ser basico mesmo, sem firulas e com receitas boas de verdade. Cupcake de chocolate tem varios, mas bom mesmo só vai ter o seu, com certeza!!!
    Beijinhos

  4. Sobre o último vídeo: Lindo, lindo, lindo! Esse acabamento realmente melhora muito A ESTÉTICA e é perfeito para decorar mesas de festas!

    Mas o bolo fica tão pequeno 🙁 Tem muito mais cobertura que bolo neles!

    Um cupcake ainda é, a priori, um bolo. Não é um cupbuttercream que a gente coloca um pedacinho de bolo para dar textura.

    No que diz respeito a fazê-los gostosos, ainda prefiro um topo redondo, mais alto que a forminha. Resumindo, prefiro o bolo maior possível, pois ele quem merece destaque!

    • Eu acho que funciona para quem trabalha com pasta americana, mas eu também prefiro mais massa e menos cobertura.

      Aliás, aquele seu cupcake de paçoca parece muito bom…. 😛

  5. Oi AMIGA TO COMEÇANDO NESSE MUNDO ENCANTADO, MEU MARIDO TEM UMA LANCHONETE, PODE ME DIZER, COMO ARMAZENO PARA COLOCAR PARA VENDER LÁ. MINHA CIDADE E BEM QUENTE, AMEI SEU BLOG, TUDO MUITO LINDO, BJS AGUARDO SUA RESPOSTA.

  6. Oi angel eu perguntei sobre a receita do cupcake achatado com a superfície reta.querooo muito a receita.
    Amo muito o seu trabalho; você é d+ te admiro muito, sou sua fã.
    Eu arriscou fazer essas delícias, mas nunca consigo uma cobertura firme.
    Minha filhinha vai fazer niver dia 02 de dezembro e eu queria fazer pra ela,pois ela ama esses cupcakes.VC acha q devo arriscar?pois não vai ter Festa mas queremos cantar parabéns e ter essas delícias tbm.
    Que Deus te ilumine sempre bjsss.

  7. Boa tarde
    Fiz minha modelagem de pasta americana ontem e hoje, ao colocar sobre o chantilly, ele manchou o chantilly.
    Alguma dica para que isso não ocorra?

Deixe um comentário